Previsões para 2022: o que esperar do novo ano?

  • Por Aghata Paredes

    A chegada de um novo ano é sempre acompanhada de expectativas, planejamento e sonhos, principalmente aqueles que funcionam como mola propulsora para grandes realizações. Por isso, a dica é aproveitar este mês para estabelecer metas e planejar o que será feito no decorrer do ano. 

    Começar o ano sem questionamentos é como começar uma jornada sem a fagulha necessária para conduzir a própria vida, por assim dizer. Com tantas perguntas e dúvidas sobre o ano que se inicia, só mesmo conversando com alguém que pode respondê-las mais facilmente, através de estudos e pesquisas realizadas há duas décadas. Por isso, conversamos com Bruno Grazinoli –  cartomancista, numerólogo e tarólogo – bastante conhecido e querido em Petrópolis. 

    O ano de 2022 será regido pela energia do número 6, que está relacionada com o equilíbrio emocional para tomada de consciência e decisões. Segundo Grazinoli, essa energia sugere conciliação e renovação no campo das relações pessoais e profissionais. Além disso, é um número que interfere na questão das responsabilidades. Outro aspecto interessante sobre a energia do número 6 é seu significado em relação à sensibilidade. As pessoas estarão mais sensíveis e conscientes acerca do seu papel no universo, por se tratar de um período de reconstrução. 

    Entrando no campo do tarô, como se não bastasse, ainda haverá a influência do arcano dos Enamorados, que também reflete um pouco das características mencionadas anteriormente. 

    A sociedade será convidada para uma renovação no campo emocional, o que poderá interferir diretamente na tomada de decisões ao longo do tempo. O egoísmo e o materialismo não devem fazer parte do comportamento daqueles que esperam alcançar um saldo positivo durante este período. Além disso, é recomendado evitar conflitos de qualquer natureza. Caso contrário, segundo o tarólogo, as pessoas contribuirão para a própria ruína. 

    Em 2022, a palavra de ordem é conciliação. Do ponto de vista negativo haverá dúvidas e incertezas em relação ao futuro. Por outro lado, tudo estará de acordo com o plano emocional de cada indivíduo. Dessa forma, a bússola norteadora será a mente consciente dos deveres em equilíbrio com as emoções e a espiritualidade.

    Aproveitamos a conversa com Bruno Grazinoli para conseguir, além do panorama geral enérgico de 2022, respostas mais objetivas para algumas perguntas que geram curiosidade. Acompanhe a seguir:

    1. Do ponto de vista energético, o que esperar de 2022?

    Reestruturação e retomada do equilíbrio.

    2. Qual será a palavra-chave do ano, por assim dizer?

    Conciliação.

    3. O que os arcanos do tarô trazem em termos de orientações coletivas?

    O bom senso e a justiça influenciarão diretamente em todas as questões. A carta da justiça também simboliza essa influência, já no início deste ano, junto às  transformações e o rompimento com o passado (carta da morte).

    4. Há alguma indicação do que podemos esperar da pandemia de covid-19?

    Haverá um avanço significativo na questão da conscientização das pessoas e, por conseguinte, na vacinação.

    5. Quais dicas você daria para quem deseja ter um bom ano?

    O ano será particularmente benéfico para as pessoas que possuem uma sensibilidade mais apurada e que também possuem como meta a evolução espiritual. Em resumo, devemos acreditar no amor e buscar tomar decisões baseadas no respeito à coletividade. Trata-se de um momento de reestruturação e renovação. As pessoas serão convidadas a ter mais empatia!

    Bruno Grazinoli é cartomancista, numerólogo e tarólogo há duas décadas. Além disso, é comunicador de rádio e tv, tendo atuado em vários veículos de comunicação em Petrópolis e no Rio de Janeiro. 

    Últimas