Prefeitura pode ser obrigada por lei a divulgar informações sobre contratos de aluguel

  • 14/03/2020 13:16

    Veio a calhar

    O coronavírus ajudou o bolsonarismo. Foi usado como justificativa para o adiamento da manifestação marcada para amanhã. Diante da dificuldade de mobilizar seguidores, o adiamento foi um ganho. Agora, onde houver protestos, a baixa adesão poderá ser creditada ao vírus.

     

    Sem medo do vírus

    Por falar em coronavírus, estava prevista a presença de milhares de pessoas, ontem, no pier da Praça Mauá, para a entrega do Prêmio Estandarte de Ouro. A festa incluiria shows de artistas consagrados e apresentações de ritmistas e passistas.

     

    Argumentos

    Já o prefeito Bernardo Rossi suspendeu várias atividades programadas pelo município, de ontem até segunda-feira, em comemoração ao aniversário da cidade, e terá argumentos para evitar encrenca graúda com a realização da Exposição Agropecuária, prevista para ocorrer no fim de abril e início de maio, no Parque de Itaipava. É que já há um pedido de impugnação da licitação pública para contratar empresa para produzir o evento, que pode ocorrer quando o país estiver no epicentro dos efeitos do coronavírus. Por uma razão difícil de explicar, a licitação desrespeita frontalmente uma lei municipal, de autoria do presidente da Câmara, Hingo Hammes. Essa lei determina que a concorrência para as festas sejam feitas até 60 dias antes de começarem os eventos, o que não ocorreu.

     

    Sem argumentos

    Já a possibilidade de ter de explicar ato assinado por ele, que tirou de uma unidade escolar o nome do ex-vigário-geral da Diocese Monsenhor Paulo Daher, deve estar incomodando o prefeito Bernardo Rossi. É mais que difícil justificar a “desomenagem”, e parece que o prefeito não pretende recuar da medida que adotou.

     

    Aos poucos a Rua Teresa marca sua presença como criadora e fornecedora de moda e não “apenas de roupas”. Ontem, lojas fizeram o lançamento de coleções de outono/inverno, com direito à presença de compradores de outros municípios e estados. A Liz Bonita, por exemplo, promoveu coquetel em sua loja de fábrica, na Rua Quissamã.  Foto: Divulgação

     

    Temporada da SAV

    A Orquestra de Câmara de Barra Mansa, com Ramon Feitosa ao violino, fará o concerto de abertura da temporada da Sociedade Artística Villa-Lobos. Será no dia 25 de abril, às 16h, quando, espera-se, o pior momento da crise do coronavírus estará superado. As assinaturas para seis concertos, ao longo do ano, estão sendo vendidas a R$ 280.

     

    Exceção

    Das atrações turísticas do Centro Histórico, o Museu de Cera (Rua Barão de Amazonas) não apenas vai funcionar no dia do aniversário da cidade, como manteve a promoção: ingressos a R$ 5.

     

    Candidatura

    A formação da chapa de candidatos a prefeito e vice do PSC, partido do governador Wilson Witzel, pode ter dado mais um passo adiante, ontem. A vereador Gilda Beatriz, nome apontado para encabeçar a chapa, foi vista quinta-feira, no Palácio Guanabara. 

     

    Vírus na campanha

    O governador Wilson Witzel não está de brincadeira com o coronavírus. Ele suspendeu uma festa partidária prevista para recepcionar a filiação da ex-juíza Glória Heloíza. Ela assina a ficha na segunda-feira, mas o encontro partidário foi adiado.

     

    Transparência

    Gilda, aliás, propôs e a Câmara aprovou projeto de lei que estabelece exigências para a divulgação de contratos de aluguel, pela Prefeitura. As páginas oficiais do município terão de colocar à disposição da sociedade informações completas sobre os muitos – e contestados – contratos de aluguel.

     

    Participantes do evento Negócio Gastrô, promovido pelo Clube da Permuta, participaram de almoço no Locanda Centro e posaram para os partisans. Quase 30 empresários participaram de rodada de negócios. Foto: Divulgação

    Palestra da AME

    A Associação Médico-Espírita de Petrópolis (AME) promove hoje, às 10h, palestra do médico clínico Luiz Augusto Veríssimo Lopes, sobre o tema “Contribuição da psicanálise para a reforma íntima à luz do espiritismo”. Antes, de 8h às 9h30, o médico Rafael Latorraca, participará de sessão de estudo, falando sobre Drogadição e espiritismo. Será na sede da entidade, na Rua Padre Moreira, 163, e o ingresso é um quilo de alimento não perecível.

    Leia também: Avante faz festa para anunciar pré-candidatura a prefeito do advogado Ramon Mello

    Últimas