Governo provisório anuncia novo secretário de Educação: José Luiz Lima assume pasta com desafio de debelar crise no setor

24/set 20:35
Por Philippe Fernandes

O governo provisório anunciou mais uma mudança no secretariado nesta sexta-feira (24). Conforme a coluna Les Partisans antecipou, o prefeito interino Hingo Hammes (DEM) anunciou o professor José Luiz Lima como novo secretário de Educação. Candidato a prefeito pelo PSOL nas eleições de 2020, Lima trabalhava atualmente no gabinete do vereador Yuri Moura, do mesmo partido.

José Luiz Lima é mestre em Sociologia pela PUC-Rio e graduado e licenciado em História pela UFRJ e se desligou do PSOL no início da semana. Ele assume a secretaria na próxima semana, após transição com a atual titular da pasta, Márcia Palma.

Assim como na Assistência Social, que teve o comando trocado após questionamentos da sociedade civil organizada sobre a falta de políticas públicas, José Luiz Lima chega com o desafio de superar a grave crise na gestão da Educação no município.

Crise que ficou evidente em alguns episódios relacionados à volta das aulas presenciais. A comissão que avaliou o retorno no modelo híbrido constatou a falta de dois itens essenciais: merenda escolar e profissionais de apoio. Para tentar apagar o incêndio, o governo provisório comprou gêneros alimentícios sem licitação e terceirizou a contratação de funcionários. As duas medidas geraram questionamentos do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), que levou os casos ao Ministério Público.

A gestão atual da Secretaria de Educação ainda ficou marcada pela revelação de que mais de 15 toneladas de merenda estragada estavam no Depósito de Alimentação Escolar, no Quissamã, desde 2020. O problema foi constatado ainda no ano passado, mas só neste ano foi iniciado o processo administrativo para o descarte. A situação veio à tona após um vídeo com o descarte gerar revolta e viralizar nas redes sociais, em março.

Últimas