Faltando uma semana para volta às salas de aula, 13 escolas municipais estão com atividades suspensas por notificações de covid

16/ago 20:06
Por Luana Motta

De acordo com o levantamento feito pelo Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe-Petrópolis), 13 escolas da rede municipal de ensino estão com as atividades presenciais suspensas após notificações de casos suspeitos ou confirmados de covid-19. Essas unidades estavam funcionando com atividades internas de profissionais da educação e entrega de materiais e documentos aos responsáveis. O retorno das aulas no modelo híbrido estão previstas para a próxima semana, dia 24 de agosto.

Na última semana, foi sancionada a lei nº 8.156/21 que dispõe sobre a obrigatoriedade das instituições de ensino da rede pública e privada notificarem afastamentos de alunos ou profissionais da educação em caso de suspeita ou confirmação de covid-19 em até 24 horas. A lei é de autoria do vereador Yuri Moura (Psol), presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal. 

Escolas da rede privada foram autorizadas a retomar as atividades presenciais no dia 10 de agosto. Somente na primeira semana, sete suspenderam as atividades presenciais. De acordo com o Sepe, das 13 escolas municipais, as quatro primeiras da tiveram casos confirmados. 

Confira a lista:

Escola M. Germano Valente

Escola M. Rubens de Castro Bomtempo

CEI Vista Alegre

CIEP Maestro Guerra Peixe

E.M. Monsenhor Cirilo Calaon

CEI Hermínia Mateus

CEI Inês Belarmino

CEI Vila São José

E.M. Joaquim Deister

E.M. Monsenhor João de Deus

Escola M. Santa Rita

E.M. Gal Heitor Borges

E.M. Prefeito Jamil Sabrá

A Secretaria de Educação anunciou na última quinta-feira(12), o planejamento de retorno das aulas na rede municipal. A volta às aulas será de forma escalonada. A primeira unidade a receber os alunos para o ensino híbrido será o Liceu Cordolino Ambrosio. E o restante das escolas retornará gradualmente por turmas da educação infantil, ensino fundamental e EJA nos dias 6, 13 e 20 de setembro.

Somente podem receber alunos, as escolas que tiverem o Selo Escola Segura. Até a última quinta-feira, apenas 136 escolas possuíam o Selo. De acordo com a Secretaria de Educação, o cronograma de vistoria da Comissão responsável prevê a vistoria das demais unidades até a data de retorno.

A Tribuna solicitou à Secretaria de Educação a lista atualizada das unidades educacionais da rede municipal que estão com as atividades presenciais suspensas e aguarda resposta.

Últimas