China continuará a usar medidas para estabilizar preços, diz premiê

18/set 16:06
Por Iander Porcella / Estadão

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, disse neste sábado que o país continuará a tomar medidas para estabilizar os preços com “métodos baseados no mercado”.

Segundo site oficial do governo chinês, a autoridade também afirmou, durante uma visita à província de Guangxi, que é preciso expandir a abertura econômica da China, para que o país continue a se tornar um “terreno fértil” para atrair investimentos estrangeiros, além de aumentar a integração com a economia mundial e formar uma cadeia de suprimentos “mais estável”.

Nas últimas semanas, a cautela dos mercados financeiros com a China aumentou, em meio a uma ofensiva regulatória do governo. Pequim tem interferido, por exemplo, no setor de tecnologia e no mercado de commodities. Além disso, dados divulgados mostraram sinais de desaceleração do crescimento econômico da segundo maior potência mundial.

Mais recentemente, as atenções se voltaram para a incorporadora Evergrande, que corre o risco de default.

Últimas