Reunião debate retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino

28/jan 12:01
Por Janaina do Carmo

Em reunião na manhã desta quinta-feira (28) com representantes dos sindicatos dos professores, o prefeito interino Hingo Hammes, não anunciou nenhuma data para o retorno das aulas presenciais tanto para a rede pública quanto particular. No encontro, ficou agendada uma reunião para abril quando o governo municipal pretende apresentar uma data dependendo da situação sanitária da cidade.

“O encontro foi bem amistoso e o prefeito nos garantiu que não há data para o retorno das aulas presenciais. Em abril teremos novo encontro, onde aí sim, dependendo das condições da pandemia na cidade, poderá ter uma data para esse retorno”, disse o coordenador geral do SinproPetrópolis, Frederico Luiz Marmo Fadini.

O ano letivo começa na cidade no dia quatro de fevereiro. As aulas presenciais estão suspensas desde o dia 16 de março de 2020 quando a pandemia da covid-19 começou. Desde então, os alunos estão assistindo as aulas de forma remota e em alguns casos, na rede municipal, pegando o material didático nas escolas.

O retorno das aulas presenciais divide opiniões. De um lado alguns pais e representantes da rede particular querem que a Prefeitura de Petrópolis apresente um plano de reinício das atividades – seja de forma presencial ou híbrida. Do outro –Sinpro e Sepe – só querem o retorno após a vacinação.

Neste fim de semana estão programadas duas manifestações (contrária e favor) da volta as aulas presenciais. Um grupo com mais de 250 pais irão promover uma carreata no sábado (30), com saída da Avenida Ipiranga, no Centro da Cidade, às 10h. E no domingo (31), o Sinpro e o Sepe irão fazer um “adesivaço”, a partir das 10h, na Praça Dom Pedro, também no Centro.

Últimas