Veículo de grande porte quebra em via importante do Centro e dá nó no trânsito

16/set 13:46
Por Redação/Tribuna de Petrópolis

Depois de três horas com a Rua Monsenhor Bacelar, no Centro da Cidade, interditada na altura do Relógio das Flores, devido a quebra de uma carreta, 24 linhas de ônibus das empresas Petro Ita e Cidade Real apresentam atrasos, de pelos menos, 40 minutos nas viagens. O incidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (16) por volta das 7h e o trânsito só foi liberado no local às 10h.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Petrópolis (Setranspetro), os dados de monitoramento via GPS das empresas Cidade Real e Petro Ita mostram que os atrasos chegaram a 40 minutos. Ainda segundo o Setranspetro houve perdas de viagens devido ao trecho estar interditado.

A Cidade Real registrou interferências em 19 linhas ao longo da manhã. Entre as afetadas estão a 010 – Rodoviária (Executivo), 019 – Duarte da Silveira x Centro (Executivo), 100 – Terminal Bingen, 104 – Vila Militar, 106 – Bataillard, 107 – Terminal Bingen (Via Manoel Torres), 108 – Bairro Castrioto, 110 – Duarte da Silveira, 113 – Marechal Hermes, 118 – Pedras Brancas, 119 – Kopke, 122 – Fazenda Inglesa, 129 – Moinho Preto, 132 – Pedras Brancas, 133 – Alberto de Oliveira, 134 – Bataillard, 139 – Moinho Preto, 142 – Cândido Portinari e 180 – Coronel Veiga (Via Quitandinha).

A Petro Ita apresentou atrasos na operação de cinco linhas de ônibus, sendo elas a 425 – Getúlio Vargas (Venezuela), 428 – Vila Hípica (Espírito Santo), 435 – Alto Independência (Via Cacilda Becker), 454 – Vila Hípica e 467 – Honduras.

O Setranspetro orienta que os passageiros baixem gratuitamente o aplicativo “Vá de ônibus” para acompanhar, em tempo real, a localização dos ônibus em Petrópolis.

Últimas