Vacina contra a gripe também esgota nas farmácias

14/jan 02:53

Em Petrópolis, as últimas 2,2 mil doses de vacina contra a Influenza que chegaram à cidade esgotaram em poucas horas na semana passada. E uma nova remessa, pelo SUS, agora somente em abril. Clínicas particulares também vendem, mas já avisaram que estão com estoques baixos. Nas farmácias também já não é possível encontrar a vacina ainda que o custo gire em torno de R$ 80. E com este estoque já acabando a maioria das farmácias só começa a receber novas entregas em março. É o que têm avisado aos clientes que estão em busca da imunização contra a influenza.

Snooker

Olha, a mesa de sinuca que a Comdep comprou em caráter emergencial junto com uma de totó por R$ 13,7 mil é o primeiro meme de 2022 na cidade e rende muita risada, ainda que nossos bolsos doam demais.  Tendo como presidente, na época da aquisição, Leonardo Fernandes, indicado do vereador Dudu, uma das piadas diz que a mesa não aguentou a bola 7.  Mas, o que a gente gosta mesmo é daquela que fala que seria disputada a Taça Hingo Hammes de Sinuca.

Taça HH

Se já não bastasse a compra da mesa, de segunda mão, por aquele preço e ainda em caráter de emergência, o equipamento ainda foi devolvido porque os funcionários tampavam na briga no tal momento de lazer. Casavam dinheiro nas apostas e o pau comia.

Vaga

E a meta de Rubens Bomtempo é ter Marcelo Chitão como secretário de Esportes. Seria o jeitinho de abrir uma vaga, na Câmara, para o suplente Márcio Arruda. Mas o vereador parece que declinou a se juntar ao governo.

De volta à terra natal depois de dois anos fora do país, o pianista Pedro d’Ávilla se apresenta na Casa de Petrópolis Instituto de Cultura neste sábado, a partir das 18h30. Para o recital, ele foi eclético: escolheu obra de compositores de diferentes partes do mundo.

SinalPark já está de olho

E a rotatória do Carangola que a prefeitura iria fazer com recursos próprios e a mão de obra do município?  Já tem seis meses e pedrada e nada. Em agosto, o vereador Fred Procópio e o então interino Hingo Hammes anunciaram com pompa e circunstância e as ‘obras’ começaram em setembro. Pelo menos no afastamento de um terreno sobrou mais espaço e agora está sendo usado como… estacionamento! Deixa só a SinalPark saber disso para colocar lá um controlador.

Nada ainda

Passado um mês de nova gestão, a CPTrans gerida hoje pelo ex-vereador Jamil Sabrá – que iria quebrar e arrebentar – não deu qualquer sinalização que pretende rever algo sobre o rotativo e além de suspender a prorrogação antecipada de contrato com a SinalPark, operadora do estacionamento nas ruas da cidade, indicação da CPI realizada ano passado pela Câmara.  

Sem reforma

Anunciada desde 2018 a reforma do ponto de apoio aos feirantes na Rua Souza Franco ainda não vai acontecer. Uma licitação de reforma de pouco mais de R$ 30 mil foi realizada em novembro e dada como deserta.

Tá feia a coisa

Falando em licitações desertas, de setembro para cá foram 18 certames sem concorrentes. Vai desde a reforma da águia da Praça à compra de pneus. Porque a prefeitura não está encontrando fornecedores no mercado?

2 mil castrações

Das 100 mil castrações em todo o Estado previstas para serem feitas até dezembro, o governo do Rio prometeu que duas mil delas serão para animais de Petrópolis.

Papel e arte

Faz sucesso, na Casa da Princesa Isabel, a mostra de esculturas de papel “Coragem e Fé”, da família Bortolotti.  São 40 peças, de tamanhos e texturas diferentes, todas retratando o período de colonização germânica da cidade. A exposição pode ser prestigiada até o dia 27 de fevereiro.

Cara-crachá

Ao melhor estilo ‘cara-crachá’, o ex-vereador Leandro Azevedo comemorou nas redes sociais sua nomeação como assessor na Secretaria estadual de Cultura mostrando seu passe de funcionário. A próxima foto vai ser da marmitex.

E o ex-vereador Leandro estreou na secretaria estadual de Cultura, abençoado pelo deputado Áureo.

Quero mais não!

À imprensa da capital, Marcus Vinicius, ex-Neskau, vice-presidente do PTB nacional, disse na terça-feira que não via impedimentos para Fabrício Queiroz, ex-PM acusado de promover rachadinha quando foi assessor de Flávio Bolsonaro, engrossar as fileiras do partido. Mas, o deputado estadual já mudou de ideia. Nos bastidores, o PTB estaria sugerindo que Queiróz fique no PL ou no Republicanos porque “é um candidato sem votos”.  Mas, o que pesa mesmo é a queimação de filme ao já chamuscado PTB.

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Últimas