Último abrigo mantido pela Prefeitura após as chuvas é desocupado

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 03/ago 09:20
    Por Redação/ Tribuna de Petrópolis

    O último abrigo mantido pela Prefeitura para as vítimas das chuvas de fevereiro e março foi desocupado no último sábado (30). De acordo com a Prefeitura, eram 3 famílias que estavam instaladas na Casa do Padre. Elas foram incluídas no programa do Aluguel Social e já estão morando em imóveis alugados com o benefício.

    O número total de famílias que ficaram desabrigadas ou desalojadas não foi compilado pela Secretaria de Assistência Social, estima-se que mais de 6 mil famílias passaram em algum momento pelos abrigos temporários devido às chuvas de fevereiro e março. 

    Em relação ao aluguel social, 3.848 famílias tiveram o cadastro revalidado por meio do mutirão promovido pela assistência do Estado e Município, após decisão judicial da 4ª Vara Cível, que obrigou o município e o Estado a resolverem a situação das famílias. 

    Além disso, há o abrigão da Floriano Peixoto. O prédio comprado em caráter de urgência pela Prefeitura por R$ 3,5 milhões para funcionar como abrigo para as famílias que ficaram desabrigadas, mas que até hoje, quase cinco meses após o anúncio da aquisição, continua fechado. 

    Últimas