Stoltenberg reforça preocupações da Turquia sobre Suécia e Finlândia

  • 16/maio 20:41
    Por Matheus Andrade / Estadão

    O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, conversou hoje com o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, sobre as decisões de Finlândia e Suécia para solicitar a adesão à organização. Em seu Twitter, Stoltenberg escreveu que a Turquia é um aliado valioso e que quaisquer preocupações de segurança precisam ser abordadas. “Devemos estar juntos neste momento histórico”, afirmou.

    Mais cedo, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou em entrevista coletiva que não irá aprovar a entrada dos dois países na aliança, pois ambos “não têm uma posição clara contra grupos terroristas”. “Não diríamos sim à entrada. Caso ocorra, Otan deixaria de ser plataforma de segurança “, afirmou o líder.

    Segundo Erdogan, a Suécia convida terroristas para discursarem em seu parlamento e não devem devolver os “terroristas capturados a nós”. Nos últimos anos, Estocolmo negou pedidos de extradição de curdos para a Turquia. As delegações sueca e finlandesa “não devem incomodar” se quiserem tentar nos persuadir, afirmou o presidente.

    Últimas