SP inicia hoje a vacinação de crianças com deficiência e comorbidades

  • 17/jan 09:00
    Por João Ker / Estadão

    A cidade de São Paulo começa a aplicar a vacina da Pfizer contra o coronavírus em crianças de 5 a 11 anos a partir desta segunda-feira (17), das 8h às 19h. Nesta primeira etapa, a capital paulista aplica dose naqueles que têm comorbidade, deficiência permanente (física, sensorial ou intelectual) ou indígenas aldeados e quilombolas.

    A aplicação será em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais AMAs/UBSs Integradas.

    A criança deve estar com o pai ou responsável adulto e levar documento de identificação (CPF, certidão de nascimento ou RG).

    Além da carteirinha de vacinação, será exigido um documento que comprove a comorbidade ou deficiência permanente.

    Vale laudo médico, cartão de gratuidade no transporte público, documento comprobatório de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas ou documento oficial de identidade com a deficiência indicada.

    A imunização das outras crianças começa apenas em fevereiro.

    As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Últimas