Sepe e Sisep divergem sobre parcelamento do reajuste de 6,2%

09/ago 03:28

E tocando nesse assunto do pagamento em 15 anos dos retroativos dos 6,2% de reajuste dos servidores deu-se a treta entre Sepe-Petrópolis e Sisep. O Sepe, em comunicado à categoria, desautorizou o Sisep, sindicato dos servidores, em falar em nome de professores e demais funcionários da educação no caso do acordo com a prefeitura.  O argumento é valido: por que aguardar 15 anos se, em trâmite na justiça, uma ação pode ser encerrada em breve dando ganho de causa ao funcionalismo?

É uma boa, mesmo?

É uma boa discussão. O caso do reajuste foi parar na justiça e o Superior Tribunal de Justiça concordou com o pagamento, imediato, dos 6,2% aos servidores e ainda os retroativos. Mas a prefeitura recorreu da decisão. A ação agora está no Superior Tribunal Federal. Estando ainda judicializada a questão, o acordo entre prefeitura e sindicato – na iminência do ganho de causa ser do funcionalismo – não colocaria uma pá de cal no recebimento, de instantâneo, de todo o retroativo que a prefeitura vai parcelar em até 15 anos? 

Fique em dia, o retorno

E os vereadores aprovaram indicação para que a prefeitura faça mais uma campanha de anistia de juros e multas para pagamento, parcelado, de dívidas de impostos como IPTU.  O argumento é que muita gente atrasou recolhimento por causa da pandemia.

Buraco só aumenta

Falando em dívidas, a prefeitura tem hoje R$ 190 milhões em precatórios a serem pagos. E 85% deles são de dívidas trabalhistas. Neste cenário é mesmo apropriado que a prefeitura proponha – e os servidores aceitem – um parcelamento dos 6,2% de reajuste retroativo a 2017 em prestações por até 15 anos?

Pelas ruas da cidade o que muita gente deseja como meta de relacionamento. Clique de Henry Kappaun.

O Encantado

Além de A Encantada, a Casa de Santos Dumont, Petrópolis vai ganhar um novo ponto turístico: o Encantado. Trata-se do tomógrafo no Hospital Nelson de Sá Earp comprado há mais de um ano e que até hoje não funciona.  Vai fazer fila lá na porta para saber porque o equipamento ainda não entrou em operação.

Mas, gente…

Pessoal que trabalha no Pronto Socorro do Alto da Serra e almoça com quentinha oferecida pela prefeitura tá passando aperto, ou melhor, fome. A entrega atrasa todo dia e teve uma vez, um recorde, porque as marmitas chegaram às 15h40.

Mas já acabou?

A vereadora Gilda Beatriz lembrou bem: onde está a sanitização nos ônibus? Por que já acabou a pandemia? Porque só isso justificaria ter acabado esta limpeza mais apurada que, aliás, nunca nem foi tão supimpa assim.

Para turista ver

Já acendeu o alerta na Câmara de Vereadores – que sabem que serão bombardeados pela população. O Bairro Seguro, em Petrópolis, parece que vai ocorrer, de início em apenas dois locais, Secretário e Araras, considerados locais de turismo.  O programa é do governo do Estado, via Polícia Militar. E, com certeza, vai ser uma chiadeira só, considerando muitos outros locais de violência e tráfico de drogas na cidade. Vai dar dor de cabeça o governo do Estado explicar como foi feita essa escolha.

Contagem         

Petrópolis está há 220 dias sem prefeito eleito pelo povo.

PAC

Vamos registrar mais uma vez porque o assunto merece:  em 2014 o  governo federal destinou R$ 60 milhões para contenção de encostas na gestão Bomtempo. Acabaram abandonadas. Bernardo Rossi retomou, mas também ficaram pelo caminho. E agora são oito meses de gestão interina e não se toca no assunto. No total: oito anos de abandono.

Agora, vai!

E os feitos dos nossos parlamentares em escala municipal, estadual e federal poderão ser acompanhados em tevê aberta. Pelo menos é o que estabelece projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados estabelecendo que o governo federal deva fornecer canais para TV Câmara, TV Senado e TV Justiça em todos os municípios brasileiros contemplados no Plano Básico de Distribuição de Canais de Televisão Digital. E há a possibilidade de se firmar convênios para uso compartilhado dos canais com as assembleias legislativas e câmaras de vereadores.

Ana Kutter fez este lindo registro na Rua Ipiranga.

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br     

Últimas