Segunda dose da vacina começa a ser aplicada em profissionais de transportes

08/set 20:20
Por Redação / Tribuna de Petrópolis

A Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde iniciou nesta quarta-feira (08/09) a aplicação de segunda dose da vacina contra a covid-19 em profissionais da área de transportes que foram vacinados no mutirão de imunização realizado em junho – um total de 1.850 pessoas. A vacinação deste grupo está sendo realizada no mesmo local em que os profissionais receberam a primeira dose: o HiperShopping, no Alto da Serra. Para que a vacinação ocorra de forma organizada e sem tumultos, a aplicação da segunda dose deste grupo será realizada ao longo de 10 dias: de 8 a 11/9 e de 13 a 18/09.

Serão quatro dias de vacinação para profissionais de transportes esta semana (de 8 a 11/09) e mais seis dias na semana que vem (de 13 a 18/09). A aplicação da vacina é feita diariamente das 9h às 16h.

Para receber a segunda dose, não é preciso agendamento, basta apresentar o cartão de vacinação e o documento pessoal com foto.

Saúde reforça apelo para jovens e responsáveis por adolescentes

A Secretaria de Saúde está convocando jovens com mais de 18 anos e responsáveis por adolescentes na faixa etária de 12 a 17 anos com comorbidades que ainda não tomaram a vacina a se cadastrarem para a vacinação. O cadastro deve ser preenchido no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). No site também é possível encontrar a relação de comorbidades que fazem parte do Plano Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19.

“Observamos uma redução na demanda para o cadastro nos últimos dias, por isso estamos reforçando o chamado para este público” destaca o secretário de Saúde Aloisio Barbosa Filho, lembrando que a vacinação – independente do tipo de imunizante – é fundamental para o controle da pandemia.

“A vacinação ainda é o melhor instrumento que temos hoje para controle da pandemia. É muito importante que os jovens se cadastrem e compareçam para se vacinar. A orientação é a mesma para os responsáveis por adolescentes com comorbidades. A vacina salva vidas. É fundamental que todos aqueles que por algum motivo ainda não se vacinaram, façam o cadastro e se vacinem”, disse Barbosa.

Últimas