Saturado, lixão de Pedro do Rio continuará recebendo entulho até março

19/nov 03:49

De acordo com a prefeitura, “novos estudos permitiram a prorrogação da licença, por mais seis meses, até março de 2022”. Essa licença é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, para descarte de entulho de obra e lixo verde em Pedro do Rio, área já saturada, mas que está recebendo renovação de licença há mais de três anos com esta finalidade. O tal estudo foi contratado em agosto pela Comdep, que gere a área e foi feito pela General Mine Engenheiros, despesa de R$ 48 mil. Esse laudo podia se tornar público porque temos a curiosidade em saber como se chegou a essa conclusão.

Água e sabão

Já não era sem tempo a prefeitura providenciar a limpeza dos pórticos do Bingen e Quitandinha que estavam podres de sujos. Não faria sentido colocar propaganda do Natal Imperial em cima da sujeira… Agora depender da iniciativa privada para dar uma lavada nas estruturas e passar uma demão de tinta é demais…

Dureza

Tá difícil licitar até os mais simples materiais para a Prefeitura e suas empresas de economia mista. Até mesmo uma licitação banal, de compra de material de limpeza e copa foi dada como deserta na CPTrans.

Patrimônio

Torresmo e linguiça podem virar patrimônios culturais em Minas. Órgãos estaduais trabalham para reconhecer as comidas típicas desta forma e encaminhar o pedido à Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Aqui em Petrópolis temos tombados, localmente, como patrimônio imaterial, o DeutchesBrot (pão alemão) e a Kuchen (cuca). Mas a gente defende que esta lista deve ser ampliada com a Torrada Petrópolis.

Responsabilidade Social

Pela oitava vez consecutiva, o Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto/Faculdade de Medicina de Petrópolis recebeu o selo de Instituição Socialmente Responsável, conferido pela Associação Brasileira de Mantenedores de Ensino Superior. A UNIFASE/FMP cadastrou 14 atividades/projetos, pois realiza alguns programas com foco em acessibilidade, atividades de educação e promoção da saúde, além dos projetos de extensão universitária Vale do Carangola e Anel de Solidariedade. 

O professor Ricardo Tammela, coordenador de projetos e extensão da UNIFASE/FMP, está todo orgulhoso com a conquista do selo de “Instituição Socialmente Responsável”.

Outro mundo

Petrópolis tem uns negócios estranhos, né? Como que explica para quem não mora aqui que hoje a cidade tem um prefeito interino e oito suplentes de vereadores querendo vaga?  Tenta que as pessoas de fora entendam essa treta…

Contagem         

Petrópolis está há 323 dias sem prefeito eleito pelo povo.

Delícias da Ubuntu

Paralelamente à Ubuntu – Festa Afro-Brasileira de Petrópolis, que segue até domingo, rola um festival gastronômico. Participam 13 estabelecimentos destacando a culinária afro-brasileira, uma das mais ricas e mais saborosas do mundo. Os estabelecimentos participantes, assim como as informações sobre pratos oferecidos no festival, valores e condições especiais para moradores de Petrópolis, você encontra no site oficial do evento.

Valério Augusto, que há mais de 16 anos interpreta canções do eterno poeta Cazuza, é atração de hoje, na Casa de Portugal. O show, às 19h, tem músicas do ícone da MPB e também trabalhos autorais de Valério.

Vai entender

A gente falou aqui de parte da frota de 58 veículos de transporte escolar parada por falta de manutenção. Agora não teria motivo, afinal em junho, a prefeitura licitou uma mecânica, por R$ 450 mil para o serviço. Porque não usou o contrato durante a pandemia é um mistério. Agora que retornaram as aulas presenciais é que vão correr atrás de colocar os ônibus escolares em ordem.

Saia justa

E o governador Cláudio Castro tenta descolar sua imagem do presidente Jair Bolsonaro. Já teve ocasião de Castro ir para Brasília justamente no dia de agenda de Bolsonaro no Rio… E Castro, com Bolsonaro no PL, vai ter problemas. Se quiser se desligar do presidente pode perder eleitores bolsonaristas e não deve conseguir atrair os de centro e os de esquerda.

Sem resposta

A gente gostaria de dar este toque na prefeitura: deixar de falar dos problemas não faz com que eles desapareçam. 

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Últimas