Sarah Harding, ex-integrante do Girls Aloud, morre aos 39 anos

05/set 14:40
Por Estadão

Ex-cantora do grupo pop britânico Girls Aloud, Sarah Harding morreu de câncer aos 39 anos, conforme anunciou sua mãe neste domingo, 5. A cantora revelou no ano passado que tinha câncer de mama e estava em tratamento.

Sua mãe, Marie, comunicou a notícia da morte no Instagram, junto com uma foto em preto e branco da cantora. “Muitos de vocês conheceram o combate de Sarah contra o câncer e eles sabem que ela lutou muito desde o diagnóstico até o último dia. Ela saiu em paz esta manhã.” “Eu sei que ela não gostaria de ser lembrada por sua luta contra esta doença terrível, ela era uma estrela brilhante e espero que ela possa ser lembrada dessa forma”, disse.

Com cinco integrantes, Sarah Harding, Nadine Coyle, Nicola Roberts, Cheryl Tweedy e Kimberley Walsh, Girls Aloud foi um grupo formado em 2002 no programa “Popstars: The Rivals” da ITV. Elas alcançaram sucessos por uma década até sua separação em 2013.

Seu primeiro “hit”, “Sound Of The Underground” alcançou o número 1 nas paradas do Reino Unido. Entrou no Natal de 2002 , e permaneceu no topo por quatro semanas.

Três outras canções do grupo – “I’ll Stand By You” (2004), “Walk This Way vs Sugababes” (2007) e “The Promise” (2008) – também lideraram as vendas de singles no Reino Unido. No total, a banda vendeu mais de quatro milhões de discos.

Últimas