Santo André tenta evitar a degola e Mirassol quer garantir liderança do Paulistão

06/maio 05:45
Por Estadão

Santo André e Mirassol até têm algo em comum no Campeonato Paulista, mas irão a campo em situações completamente diferentes nesta quinta-feira, às 21 horas, no Canindé, em São Paulo, pela 11.ª rodada. Se o time do ABC Paulista luta contra o rebaixamento, o Mirassol tenta garantir a liderança do seu grupo.

Se esse é o ponto que afasta os rivais, a última vítima aproxima Santo André e Mirassol. Lanterna do Grupo A, com sete pontos, a um da zona de rebaixamento no geral, o Santo André não vence desde a segunda rodada, quando bateu a Ponte Preta, por 1 a 0, em Campinas. A Ponte, por sinal, também foi a última vítima do Mirassol, líder do Grupo D, com 17 pontos. Na rodada passada, porém, o Mirassol foi derrotado pela Ferroviária por 3 a 1 e o Santo André perdeu do Palmeiras por 1 a 0.

No Santo André, o técnico Márcio Fernandes não terá nenhum jogador suspenso e nem por covid-19. No departamento médico, enquanto isso, estão Léo Costa, Giovanni Palmieri e Ivan. Eles já vinham sendo desfalques.

No Mirassol, o lateral-esquerdo Moraes e o atacante Fabrício cumprem suspensão por conta do terceiro cartão amarelo. Já o volante Neto Moura está fora por ter sido expulso na rodada passada. Os escolhidos pelo técnico Eduardo Baptista para as vagas que ficaram abertas devem ser Ernandes, na lateral esquerda; Souza, no meio-campo; e Lucas Silva, no ataque.

“Nós não trabalhamos um time, mas sim um elenco, então todos têm o conhecimento. Já era previsto nesse momento um acúmulo de cartões. Graças a Deus temos poucas lesões, mas todos têm que ter o entendimento do trabalho do dia a dia e todos os que entram sabem o que têm que fazer e estão bem preparados. A confiança é a mesma”, assegurou Baptista.

Últimas