Rodoviários de Petrópolis iniciam campanha salarial

  • Continua após o anúncio
    Continua após o anúncio

  • 21/jan 15:18
    Por Vinícius Ferreira

    Com assembleias nesta sexta-feira (21), os rodoviários de Petrópolis – 2,1 mil profissionais em cinco empresas permissionárias do transporte público – iniciaram a campanha salarial de 2022. Os profissionais da categoria reivindicam reposição salarial de 17%, a partir de março. O sindicato alega perdas inflacionárias de 5,5% no ano de 2020; 1,25% no ano de 2021, além da inflação de 2021 que foi de 10,06%. Além disso, solicitam ainda 1,19% de ganho real, total de 18%. Porém, nas assembleias a categoria votou em deixar a reivindicação um ponto percentual menor.

    Na manhã e na tarde de hoje, foram realizadas as duas assembleias. Pela manhã, foram 35 profissionais que participaram do debate junto ao sindicato e aceitaram a proposta que também foi aceita no encontro realizado à tarde e que contou com cerca de 100 rodoviários. Agora, a proposta será encaminhada ao sindicato patronal das empresas de ônibus.

    A expectativa é de que, já nas próximas semanas, seja agendada uma nova assembleia, possivelmente já com a contraproposta das empresas. Caso seja aprovado o reajuste desejado pela categoria, os salários dos motoristas passariam a R$ 3.039,00 e dos cobradores para R$ 1.673,53. Além de reivindicações sobre horas trabalhadas e prazos de pagamento do salário e adiantamento, por exemplo, os rodoviários reivindicam cesta básica no valor de R$ 550,00 para toda a categoria.

    As assembleias aconteceram na sede do sindicato, na Rua Visconde de Souza Franco, nº 121, no Centro, com sessões às 09h e às 15h30. Além de debater a pauta de reivindicações a ser apresentada para a representação patronal, as assembleias autorizam o sindicato a instaurar dissídio coletivo caso fracassem as negociações.

    **Matéria atualizada às 17h58

    Últimas