Recém-habitado, conjunto do Vicenzo Rivetti já tem forte presença do tráfico

07/abr 20:37
Por Redação / Tribuna de Petrópolis

De setembro de 2020 a abril deste ano, a Polícia Militar do 26º BPM prendeu 39 pessoas por tráfico de drogas que são moradores ou tem alguma ligação com o Conjunto Habitacional Vicenzo Rivetti, do programa Minha Casa, Minha Vida. O Condomínio foi inaugurado em março do ano passado, mas os primeiros moradores ocuparam os apartamentos em julho. Desde então, há diversas denúncias sobre o avanço do tráfico de drogas dentro dos condomínios.

A comandante do 26º BPM, tenente-coronel Simone de Almeida Silva, disse que o batalhão registrou muitas ocorrências na região. Grande parte delas partiu de denúncias de moradores, que informam a PM sobre a venda ou o uso de drogas entre as residências.

As principais denúncias são sobre som alto, tráfico de drogas e aglomerações. Segundo a comandante, a polícia militar faz patrulhamento diuturnamente no condomínio.

“Colocamos policiamento direto no Vicenzo Rivetti. Temos muitas ocorrências de tráfico de drogas, mas nada do Rio, nada vindo de fora de Petrópolis. É aquele estilo que a gente está acostumado na cidade: as pessoas sobem com a droga do Rio e os traficantes locais mesmo que vendem”, disse a comandante.

Facções criminosas invadem condomínios de 24 municípios

O Rio de Janeiro, como noticiado pelo jornal Extra na semana passada, teve registro de invasão de facções criminosas em condomínios do Minha Casa Minha Vida em, pelo menos, 24 municípios do estado. Petrópolis está na lista, mas segundo a comandante, ainda não houve registro de ocorrências de criminosos de fora da cidade no Conjunto Habitacional por parte da Polícia Militar.

Entre setembro de 2020 e abril de 2021, as operações da Polícia Militar no Vicenzo Rivetti e no Vale do Carangola resultaram na apreensão de entorpecentes: 11.210 cápsulas de cocaína; 1.614 tabletes de maconha e 27 frascos de loló. Ainda houve apreensão de 2 armas de fogo, 2 réplicas e R$ 3.568 em dinheiro, oriundo do tráfico de drogas na região.

Conjunto começou a ser habitado há 10 meses

O Conjunto Habitacional Vicenzo Rivetti foi inaugurado no dia 16 de março de 2020, mas os primeiros moradores se mudaram em julho do ano passado. São 776 apartamentos e cerca de 3 mil moradores. As famílias que moram nos condomínios foram vítimas de ocorrências ocasionadas pelas chuvas – como enchentes e deslizamentos – desde 1988.

A Polícia Militar pede que os moradores e a população em geral continuem fazendo as denúncias de crimes nas comunidades. A população pode entrar em contato com a Polícia Militar pelo 190 ou pelo telefone do Disque Denúncia 0300 253 1177.

Últimas