Raphael Carioca faz dois gols e estraga reestreia do Serrano

  • 04/08/2019 18:05

    O Serrano estreou na Taça Corcovado (segundo turno) com derrota por 2 a 0 para o América, em partida realizada neste domingo à tarde no estádio Atílio Marotti. Em um jogo bastante disputado, o Leão da Serra não conseguiu superar o atual campeão do primeiro turno do Campeonato Estadual da Série B1 e tampouco as condições ruins do estádio Atílio Marotti.

    O time de Petrópolis volta a campo no próximo domingo e inicia uma série de jogos em locais distantes de casa. O rival será o Goytacáz, que começou essa fase com derrota por 3 a 1 para o Duque de Caxias, em jogo disputado no estádio Marrentão, em Caxias. Já o América terá folga na próxima rodada e só retorna a campo pela terceira rodada para encarar o Duque de Caxias, em Xerém.

     

    O técnico Alex Arruda colocou em campo praticamente a mesma formação que encerrou a primeira fase, quando venceu o Itaboraí. A exceção de Vinícius, que recebeu uma proposta de um clube do Mato Grosso e pediu para deixar o Leão da Serra, o treinador manteve a formação. Por outro lado, o América poupou cinco titulares após ter vencido a decisão do primeiro turno diante do Bonsucesso.

    O primeiro tempo não foi de grandes emoções. Os times se estudaram os primeiros minutos e não se expuseram tanto em campo. Diferente de outros jogos em casa, o Serrano não exerceu uma marcação forte na saída de bola e achou como alternativa explorar as jogadas pelos lados do campo. Enquanto isso, o América levou perigo ao gol de Gustavo em duas ocasiões. Ao que parecia, as maiores emoções ficaram para a etapa final.


     

    No segundo tempo, o Serrano foi para o ataque. Porém, quem marcou primeiro foi o América. O atacante Rapalhel Carioca, que até então não havia balançado as redes na segundona, deixou o seu aos 12 minutos após a bola sobrar na área. Bateu sem chance para Gustavo.

    Em seguida, Alex Arruda mudou o ataque do time petropolitano ao colocar Romário e Leozinho – que fez a sua estreia – nos lugares de Tafarel e Renan. A mexida deu certo: aos 22 minutos, Marcelo Cabral bateu de fora da área e empatou a partida. A alegria não durou muito, pois Raphael Carioca fez o segundo aos 32 minutos.

     

    Na base do tudo ou nada, o Serrano ainda conseguiu colocar uma bola na trave aos 38 minutos, numa bela cobrança de falta de Magdiel. Apesar do lance, os atuais vencedores do primeiro turno conseguiram uma importante vitória em sua trajetória rumo ao bicampeonato estadual da Série B1, enquanto que ao adversário apenas lamentos pelo resultado negativo diante de um público de 404 pessoas, que enfrentaram a chuva e o frio do domingo para torcer pelo Leão da Serra.

     

    Últimas