Psaki: Casa Branca não desistirá da nomeação de Neera Tanden para Orçamento

24/fev 17:18
Por Iander Porcella e Fernanda Bastos / Estadão

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta quarta-feira, 24, durante uma coletiva de imprensa, que o governo americano não desistirá da nomeação de Neera Tanden para gerenciar o Escritório de Orçamento dos Estados Unidos. A escolhida do presidente Joe Biden enfrenta resistência no Senado, que precisa aprovar a indicação, por conta de duras críticas direcionadas aos republicanos em suas redes sociais.

Essa nomeação simboliza o primeiro desafio para Biden no Congresso. Até então, o mandatário vinha conseguindo apoio bipartidário para a confirmação dos nomes de seu gabinete. Tanden, contudo, foi criticada por senadores republicanos e também democratas, como Joe Manchin.

No entanto, segundo Psaki, Tanden é uma especialista essencial para o enfrentamento da crise da covid-19 e o governo está focado em lutar pela escolha do presidente.

Outro ponto abordado na coletiva foi o atraso da produção de vacinas pela companhia Johnson & Johnson. Segundo Psaki, o governo ficou “surpreso” ao saber que a farmacêutica não conseguirá entregar as doses iniciais previstas. A Casa Branca esperava que a J&J fornecesse cerca de 10 milhões de imunizantes assim que o produto recebesse a aprovação para uso emergencial no país. No entanto, o volume deve ficar entre 3 e 4 milhões.

Questionada sobre o aumento das tensões entre Estados Unidos e Rússia, Jen Psaki destacou que, em encontro com o presidente Vladimir Putin, Joe Biden demonstrou preocupações com as ações do governo russo.

Últimas