ProUni abre vagas para processo seletivo

  • 08/06/2016 10:45

    Para ajudar a modificar a trajetória de quem sempre estudou em escola pública ou como bolsista integral na rede particular, além de pessoas com deficiência, foram abertas ontem as inscrições para o segundo processo seletivo de 2016 do ProUni. Este ano, são 125.442 bolsas, cerca de 9 mil a mais do que no mesmo período de 2015. O prazo se estenderá até as 23h59 de sexta-feira, 10.

    Desse total de bolsas, 68.350 são parciais, quando o governo federal participa com 50% da mensalidade, e 57.092, integrais, como a que Laís conseguiu há nove anos. Um incentivo que, para ela, significou a realização de sonhos que vão além do diploma. Seguir para a capital, estudar o que sonhava e abrir portas para outra graduação, desta vez numa universidade pública, por exemplo.

    Pode participar do processo seletivo do ProUni o candidato que tenha feito o Enem de 2015 e alcançado pontuação mínima de 450 pontos. Além disso, não pode ter tirado zero na redação. Ao se inscrever, o estudante deve indicar o número de inscrição e a senha usados no Enem, além do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

    O candidato pode fazer duas opções de curso e de instituição. Durante o período de inscrições, é possível alterar as op- ções quantas vezes achar necessário.

    Após o período de inscrições, serão feitas duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 13 próximo; o da segunda, no dia 27. Os selecionados devem comprovar os dados e providenciar a matrícula do dia 13 até o dia 20, no caso da primeira chamada, e de 27 de junho a 1º de julho, na posterior.

    Voltado para estudantes que tenham o feito ensino médio em escola pública ou, com bolsa integral, na rede particular, pessoas com deficiência e professores, o ProUni oferece bolsa de 100% a alunos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. A bolsa parcial é destinada àqueles com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

    Últimas