Projeto selecionado pelo Fique em Casa com Cultura tem exibição especial nesse sábado(30)

29/jan 19:07
Por Redação/Tribuna de Petrópolis

O projeto “Índios & Parintins” terá exibição gratuita este sábado, a partir das 18h, por meio de plataforma on-line. O trabalho, idealizado pela dançarina e coreógrafa, Priscila Castro, é um dos selecionados pelo edital Fique em Casa com Cultura, do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE). O público pode ter acesso ao vídeo permanentemente pelo canal do Youtube do IMCE https://www.youtube.com/watch?v=M9rwUxMVKkA e exclusivamente amanhã, em exibição especial, pelas redes sociais Facebook(@xdaquestaoproducoes), Instagram(@xdaquestaoproducoes) e YoutubeXdaquestão Produções.

O projeto é pautado por informações sobre o povo indígena: cultura, vestimenta, artesanato, hábitos e dança. Para a criação do projeto, a dançarina faz uso de músicas dos Bumbás Garantido e Caprichoso, destaque do povo de Parintins, uma ilha situada a 420km de Manaus/AM, rio à dentro, onde nasceram os Bumbás. No local, se estabelece a maior festa folclórica da América Latina. A performance apresentada pela dançarina petropolitana, foi criada a partir da utilização de grande acervo de figurinos, adereços e músicas típicas.

Priscila Castro é bailarina desde os três anos, iniciou a carreira aos 13 anos quando adquiriu seu registro profissional de Artista Bailarina e também começou a ministrar aulas. Formada em Educação Física e Dança, tem diversas especializações entre elas: Instrutora de Ballet Infantil, Danças Folclóricas e Forró. Em 1999 fundou o Hip-boi que hoje se transformou num Centro Cultural com Studio e uma Cia de Dança. Priscila se destaca na cidade há 20 anos por este trabalho pioneiro de pesquisa e divulgação da dança e da cultura do Boi-bumbá, de Parintins do Amazonas.

A coreógrafa foi destaques dos prêmios: “É Festa – Os Melhores da Arte Cultura e Lazer de Petrópolis” na Categoria Dança. (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010); “Oscar Naval de Cultura” – Rio de Janeiro 2016; “Maestro Guerra Peixe de Cultura” – Produção Cultural do Festival Dançar por Dançar (2018); Padre Quinha 2019. O projeto “Índios & Parintins” possui classificação livre.

Últimas