Profissionais da Educação e pessoas acima de 30 anos com comorbidades poderão se vacinar nesta semana

31/maio 19:29
Por Redação / Tribuna de Petrópolis

A Secretaria de Saúde inicia nesta quarta-feira (02/06) a vacinação de trabalhadores da Educação. A ampliação segue determinação do Ministério da Saúde, que divulgou nova nota técnica alterando o momento da vacinação deste público no Plano Nacional de Imunização contra a covid-19.

Neste primeiro momento serão vacinadas todas as pessoas que trabalham em Centros de Educação Infantil (CEIs) das redes pública e privada.

A aplicação das doses para este público será concentrada na Casa da Educação Visconde de Mauá, no Centro, e será exigido no momento da vacina a apresentação de comprovante de vínculo empregatício.

Para tomar a vacina é preciso fazer o cadastro previamente no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Trabalhadores da saúde e pessoas com comorbidades

A partir desta terça (1º/06), a Prefeitura amplia também a vacinação para trabalhadores da Saúde e pessoas com comorbidades. Serão vacinados os trabalhadores da Saúde com mais de 18 anos e as pessoas com comorbidades que têm a partir de 30 anos. Em ambos os casos também é preciso fazer o cadastro no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

As ampliações foram possíveis porque o município recebeu, na segunda-feira, mais lotes com primeiras doses das vacinas da Pfizer e AstraZeneca, além de uma quantidade pequena de CoronaVac destinada a segunda dose para gestantes e puérperas – quase 11 mil vacinas. +

Foram entregues pela Secretaria de Estado nesta segunda-feira, 2.340 vacinas Pfizer/BioNTech; 8.410 doses da AstraZeneca (produzida pela Fiocruz) – um total de 10.750 primeiras doses – e ainda 230 doses da CoronaVac, produzida pelo Butantan, referentes à segunda dose para aplicação exclusivamente em gestantes.

A vacinação na cidade segue sendo realizada em 10 pontos distribuídos nos cinco distritos.

Veja quem pode se cadastrar para a vacinação no momento:

  • Profissionais da Educação acima de 18 anos (que trabalham em creches e Centros de Educação Infantil – CEIs) das redes pública e privada
  • Pessoas com comorbidades acima de 30 anos
  • Trabalhadores da saúde com mais de 18 anos
  • Pessoas com síndrome de down maiores de 18 anos
  • Pessoas com autismo maiores de 18 anos
  • Pacientes renais crônicos com mais de 18 anos
  • Pessoas com paralisia cerebral maiores de 18 anos
  • Idosos com mais de 60 anos (aqueles que perderam o chamamento feito anteriormente)
  • Gestante e puérperas com comorbidades acima de 18 anos (estas não precisam se cadastrar previamente)

Últimas