Profissionais da educação fazem adesivaço contra início das aulas sem vacina

05/fev 19:02
Por Luana Motta

O Sindicato dos Professores de Petrópolis e Região (Sinpro) e o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) de Petrópolis farão neste sábado (6) mais um adesivaço contra a retomada das aulas presenciais neste momento. A manifestação acontecerá na Rua do Imperador, no calçadão do Cenip, das 13h às 17h.

Segundo o coordenador geral do Sinpro, Frederico Fadini, o objetivo é mostrar a sociedade que os sindicatos estão atentos às medidas que vem sendo tomadas para a retomada das aulas e reforçar que os profissionais continuam sendo contra a retomada presencial sem a ampliação da vacina para os demais grupos. “De fato estamos atentos, pois a pressão pelo retorno das aulas presenciais é constante, mesmo que a grande maioria das escolas tenha reconhecido o acordo”, disse Frederico.

O calendário escolar de 2021 teve início na última quarta-feira (3), e as aulas remotas serão iniciadas a partir da próxima segunda-feira, dia 08 de fevereiro. Já as aulas presenciais, com ensino híbrido, serão retomadas gradualmente em 5 de abril. Antes do anúncio, havia um movimento das escolas particulares pressionando o governo municipal para a retomada presencial já nesta segunda-feira. Os dois sindicatos foram contrários as solicitações e chegaram a fazer um abaixo-assinado pedindo ao prefeito interino Hingo Hammes que mantivesse a proibição das atividades presenciais nas escolas. A decisão do início do calendário escolar foi tomada pelas secretarias de Saúde e Educação, em conjunto com a Câmara de Vereadores, o Sinpro, Sepe – Núcleo Petrópolis e representantes de escolas particulares e da União Estadual de Estudantes Secundaristas (UEES-RJ).

Últimas