Primeira maratona de programação de ESG no Brasil acontecerá nos dias 11 e 12 deste mês

02/set 09:01
Por Redação / Tribuna de Petrópolis

O Grupo Petrópolis, por meio da marca TNT Energy Drink, é o patrocinador do primeiro Hackathon (maratona de programação) do Brasil voltado para iniciativas de ESG, o SoulHack. Idealizado pela SoulCode Academy, edtech brasileira que tem como propósito a educação tecnológica, inclusão digital, impacto social, diversidade e empregabilidade, a maratona tem como objetivo propor soluções em web ou aplicativo, com temas relacionados à sustentabilidade, governança e impacto social, todos quesitos que fazem parte da política de gestão do grupo que patrocina a iniciativa.

“A previsão é de que estratégias e investimentos ESG sigam, cada vez mais, ganhando espaço, com a maior alocação das empresas junto ao novo público consumidor, formado pela geração Z, e a entrada dos millennials no mercado de trabalho. Por isso é tão importante criar iniciativas que acreditem na criatividade dos jovens para encontrar respostas fora da caixa para problemas que impedem o pleno desenvolvimento de pessoas, das cidades, com a proteção ambiental necessária para o bem-estar de todos no planeta”, comenta Eliana Cassandre, head de Marketing do Grupo Petrópolis e da marca TNT Energy Drink.

O evento será realizado no fim de semana dos dias 11 e 12 de setembro. As equipes serão compostas por cinco pessoas, entre homens e mulheres, preferencialmente, por: dois integrantes cumprindo diversidade de gênero; dois cumprindo diversidade de carreira e ainda o grupo poderá escolher um mentor(a) (opcional). Todos os 100 alunos formados pela SoulCode poderão ser mentores e cerca de 200 alunos ativos poderão se inscrever para participar do SoulHack. “Não é por acaso que o desafio acontece um dia antes da data em que é comemorado o Dia do Programador, 13 de setembro, profissional de relevante importância para a área de tecnologia”, afirma Fabrício Cardoso, cofundador e diretor-geral da SoulCode Academy.

O hackathon, que será totalmente digital, com 48 horas de duração, distribuirá, entre uma ONG selecionada pela equipe vencedora, e os três primeiros lugares, R$ 20 mil. De acordo com Juana Pinkalsky, diretora educacional e cofundadora da SoulCode Academy, a avaliação dos trabalhos será feita seguindo as seguintes premissas: adequação ao tema, desafio e objetivo propostos, aplicabilidade do sistema para solucionar os problemas atinentes ao tema, qualidade e avanço no desenvolvimento do protótipo conceitual, criatividade e disrupção da solução, além do uso adequado da tecnologia proposta.

A banca avaliadora será composta por jurados, que avaliarão as ideias resultantes do Hackathon. Entre eles, estão Eliana Cassandre, head de Marketing do Grupo Petrópolis e da marca TNT Energy Drink, Acursio Maia, diretor de TI do Grupo Petrópolis, Alaercio Nicoletti, gerente de sustentabilidade do Grupo Petrópolis, Juana Pinkalsky e Fabricio Cardoso da SoulCode Academy.

Últimas