Presidente do Santos se reúne com líderes do elenco para tentar controlar a crise

25/out 18:38
Por Estadão

Um dos quatro piores times na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e ameaçado de rebaixamento, o Santos teve uma segunda-feira tensa. O presidente Andres Rueda se reuniu com o técnico Fábio Carille e com jogadores líderes do elenco.

Com a intenção de detectar os problemas enfrentados pela equipe neste momento decisivo da competição nacional, Rueda conversou individualmente com o goleiro João Paulo, o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, o meia Carlos Sánchez e o atacante Marinho.

O desempenho do time com Carille sofre críticas dentro do clube, afinal em nove partidas apenas uma vitória foi conquistada além de quatro empates e quatro derrotas. A chefia do departamento de futebol, sob comando do gerente Jorge Andrade e pelo executivo André Mazzuco, também está pressionada pela série de maus resultados, cujo último capítulo teve a derrota por 2 a 0, sábado, para o América-MG, em plena Vila Belmiro.

Com 11 partidas a disputar no Brasileirão, o elenco santista voltou aos treinos, nesta segunda, para o início da preparação para o duelo de quarta-feira, às 19h, na Vila Belmiro, frente ao Fluminense em rodada atrasada.

Um desfalque certo é do volante Camacho, suspenso, pelo cartão amarelo. Marcos Guilherme e Madson são as opções para a vaga. Os zagueiros Kaiky e Luiz Felipe, além do meia Gabriel Pirani, continuam em recuperação e fora dos planos de Carille.

Com isso, um time provável para enfrentar o Fluminense poderá formar com: João Paulo, Danilo Boza, Emiliano Velázquez e Wagner Leonardo; Marcos Guilherme (Madson), Vinicius Balieiro, Carlos Sánchez, Vinícius Zanocelo e Felipe Jonatan; Marinho e Diego Tardelli.

Últimas