Prefeitura desrespeita Código de Posturas com faixas de propaganda de asfalto no Centro

  • 30/01/2020 10:42

    Bons 20 anos

    O ensino superior público no Estado do Rio tem números superlativos. Desde sua criação, o Consórcio Cederj, que coordena o acesso a 11 universidades, em 26 de janeiro de 2000, graduou 16.920 alunos e o sistema mobilizou sete mil profissionais de educação. O projeto, cujo aniversário está sendo comemorado, atende hoje a cerca de 50 mil alunos, em 34 polos. 

     

    Biobanco da FMP

    O Biobanco da Faculdade de Medicina de Petrópolis foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisas e tem projetos de expandir, abrindo suas pesquisas para outras instituições. Foto: Divulgação

    O Biobanco da FMP/Fase foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisas (Conep). O B-Fase, como é chamado, é uma coleção organizada de material biológico humano e informações associadas, coletado e armazenado para fins de pesquisa. Coordenado por Radovan Borojevic, o projeto também atenderá, no futuro, solicitações de pesquisas de outras instituições.

     

    Nosso desemprego

    A vereadora Gilda Beatriz debruçou sobre os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e encontrou resultados preocupantes. A pesquisa relativa ao ano de 2019 mostra que, enquanto Petrópolis perdeu vagas de empregos formais, os vizinhos Nova Friburgo, Teresópolis, Três Rios e São José do Rio Preto alcançaram números positivos. Mesmo na comparação com São José, que já foi distrito de Petrópolis, nossa posição é desvantajosa: nós perdemos 160 vagas e São José criou 200.

     

    Outdoors 1

    A Prefeitura espalhou pelo Centro Histórico faixas divulgando uma obra na Rua Monsenhor Bacelar. Contraria a legislação municipal de posturas e as regras de áreas tombadas do Iphan. Foto: Bruno Avellar/Tribuna de Petrópolis

    A Prefeitura gastou um bom dinheiro para desrespeitar o Código de Posturas, de que ela mesma é fiscal, e as regras sobre bens tombados, que são de responsabilidade do Iphan. Espalhou faixas – quase outdoors, pelo tamanho – anunciando o asfaltamento da Rua Monsenhor Bacelar. Partisans esperam que não seja utilizado na obra – como tem ocorrido até agora – um tipo de asfalto que a primeira chuva carrega.

     

    Outdoors 2

    Mauro Corrêa, do Instituto Civis, ao ver as faixas, instaladas na Praça da Liberdade, na própria Monsenhor Bacelar, na Machado de Assis e no caminho para o Trono de Fátima, disse estar curioso para ver a reação do Iphan. “Se uma pessoa qualquer estender uma faixa, mesmo dentro de seu imóvel, é obrigado a retirá-la. Vamos ver o que acontece com a Prefeitura”, desafia.

     

    Circuito em debate

    Professor de Educação Física de ofício, o presidente da Câmara, Hingo Hammes, defende a ideia de o município buscar outro local para o funcionamento do Circuito de Lazer, aos domingos e feriados.  Hoje, o circuito funciona na Avenida Barão do Rio Branco, onde ocorreu sério acidente no último domingo. Para hoje, está convocada uma audiência na Câmara, para debater o problema. Hingo diz que “o circuito é um projeto consolidado, que tem o apoio da população e não deve ser encerrado. O vereador quer ampliar a discussão, em busca de sugestões. “Temos de ouvir usuários e a população em geral”, diz.

     

    Penúria

    É difícil entender como um órgão rico e com recursos próprios, como o Detran, chega ao ponto de indigência de não pagar seus funcionários, que entraram em greve, para protestar, e de prejudicar milhares de pessoas que não conseguem retirar suas carteiras de identidade e habilitação. 

     

    Missa por Marilu

    Será rezada no próximo domingo, às 16h15, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, a missa de um ano de falecimento da contabilista Maria Luíza Simões Lopes, a Marilu, mandada rezar pelo viúvo Milton Lopes e pelos filhos Cynthia, Milton Sérgio, Carla e Simone.

     

    Coral Angelus Cordis

    Está abertas vagas para o Coral Angelus Cordis, do Instituto Teológico Franciscano e da Universidade São Francisco de Assis. Dirigido por Frei Ademir José Peixer, mestre em composição musical formado pelo Pontifício Instituto de Música Sacra, de Roma, o coral, criado em 2018, se apresenta em eventos do ITF e em outros. Os interessados devem entrar em contato diretamente na secretaria do ITF – antigo Colégio São Vicente, na Rua Coronel Veiga, 550. Os ensaios são realizados às sextas-feiras, às 19h.

    Últimas