Prefeitura confirma retorno das aulas híbridas na próxima segunda-feira

09/set 19:26
Por Luana Motta

A Secretaria de Educação confirmou a retomada das aulas presenciais no modelo híbrido a partir da próxima segunda-feira, dia 13. O retorno acontecerá dividido por grupos, de forma escalonada. Segundo a Secretaria, a merenda escolar já está sendo distribuída para as unidades e a contratação de profissionais de apoio está sendo feita pela empresa terceirizada. 

O turno nas salas de aula será reduzido, com máximo de três horas diárias. Segundo a Educação, os professores terão as cargas adaptadas para garantir tanto atendimento dos alunos que estarão no presencial, quanto dos que estiverem no remoto. 

Confira como será o retorno:

  • Grupo 1: Retorno em 13 de setembro – Turmas do Ensino Médio + Turmas ciclo (1º / 2º / 3º ano do Ensino Fundamental I);
  • Grupo 2: Retorno em 27 de setembro – Turmas do 4º / 5º e 9º anos do Ensino Fundamental + Turmas da EJA (Educação de Jovens e Adultos) Diurno e Noturno.
  • Grupo 3: Retorno em 4 de outubro – Turmas do 4º e 5º períodos da Educação Infantil + as turmas do 6º / 7º e 8º anos do Ensino Fundamental + classes especiais + salas de recursos multifuncionais.
  • Grupo 4: Retorno em 11 de outubro – Turmas de Centros de Educação Infantil – 0 a três anos + 3º período das Escolas de Educação Infantil.

Até agora, das 186 unidades da rede municipal, 173 possuem o Selo Escola Segura. A Educação afirma que os protocolos sanitários serão respeitados e só retornarão às atividades presenciais as unidades que possuem a certificação. 

Crise da merenda leva Educação a agilizar compra da merenda e contratações

Após o adiamento das aulas, no mês passado, por falta de itens do cardápio da merenda escolar e falta de profissionais de apoio nas unidades, a Educação informou nesta quinta-feira, que as escolas da rede municipal já estão sendo abastecidas com estoque da merenda escolar, para o retorno na próxima semana. 

Já em relação a contratação de profissionais de apoio, a Secretaria disse que a empresa terceirizada já iniciou o encaminhamento de funcionários para as unidades escolares. A  previsão é que, inicialmente, a empresa contrate cerca de 600 profissionais (sempre de acordo com as necessidades das unidades escolares da rede municipal de Educação e levando em conta o Plano de Retorno).

Últimas