Prefeitura atrasa pagamento e Força Ambiental deixa de recolher lixo

02/set 03:29

E Petrópolis viveu uma crise, desta vez a do lixo. Essa pelo menos terminou com o governo interino pagando uma fatura em atraso há 45 dias, coisa pouca de R$ 3 milhões. Porém, de sexta a terça-feira, a coleta ficou deficiente e era muito lixo visível nos bairros. Os mais afastados e comunidades mais altas, diga-se de passagem. No Centro e ‘bairros nobres’ ainda teve alguma coleta.  Mas, foi o suficiente para a gestão de Hingo Hammes se mexer e debelar esse incêndio com celeridade. Quitou o atrasado ontem de manhã.

Moção de repúdio

O governo mandou os vereadores descerem a marreta na questão na sessão de ontem ao invés de publicamente se manifestar e juridicamente cobrar a execução do contrato… Vereadores, então, ontem, aprovaram uma moção de repúdio, mas a prefeitura precisa tomar providências contundentes.

O preço que está pagando

Hingo Hammes teria assumido com três faturas em atraso deixadas pela gestão anterior, mas não prestou contas disso, afinal não era, digamos, interessante, detonar o governo Bernardo Rossi. Assim como o pagamento do lixo também não tornou público todas as mazelas que encontrou, o que deveria ter feito ainda que seja interino. E agora paga o preço de ser refém de suas próprias atitudes.

Contrato renovado

E ainda mais: Hingo Hammes renovou o contrato com a Força Ambiental, uma bagatela de R$ 36 milhões por ano. A empresa já está operando na cidade há quatro anos e oito meses somando R$ 168 milhões. E agora a gestão está anunciando que fará uma nova licitação. Mas se o serviço era ruim e a empresa não é ‘amiga’ da cidade como os vereadores falaram ontem, renovou o contrato por quê?

Ué? Será que eles virão numa chapa de três na eleição suplementar? Bernardo Rossi, ontem, Dia do Professor de Educação Física, postou em suas redes foto ao lado de… Hingo Hammes e Leandro Azevedo.

Mais contas atrasadas

Sobre a greve dos funcionários do Hospital Clínico de Corrêas que pode ser deflagrada dia 10 por pagamento de salário atrasado, bem que a gente avisou… Na semana passada deduramos aqui que quatro hospitais estão com repasses atrasados por parte da Prefeitura… O HCC, por isso, atrasou os salários dos colaboradores.

Esse põe pressão

E um diretor de hospital na cidade adentrou a Secretaria de Saúde na semana passada gritando pelos corredores se o pagamento da entidade que ele representa não saísse que ia botar a boca no mundo. Recebeu quase na mesma hora. O que será que ele sabe que é tão assustador?

Segunda chamada

E vamos tentar de novo. Depois de um primeiro, anulado, o Serviço Autônomo do Hospital Alcides Carneiro publicou chamamento público para contratação de empresa para serviços de enfermagem e fisioterapia para as três UPAs. Por enquanto é para verificar custo de mercado. Depois deve abrir licitação.

Bem na foto

Falando nisso, vereadores: correi! Estão chegando pelo menos 15 ônibus novos na cidade. Ainda dá tempo de tirar uma casquinha.

Natal Imperial

O Conselho Municipal de Transparência discutiu na sexta-feira o Processo Administrativo de Responsabilização que investigou na gestão passada irregularidades em contratações e pagamentos, em dobro, para a Bauernfest e Natal Imperial. No apagar das luzes do governo Bernardo Rossi a gestão resolveu arquivar o processo. Mas parece que a apuração vai parar no Ministério Público.

Contagem         

Petrópolis está há 244 dias sem prefeito eleito pelo povo.

Adote 1

A ideia é de um Partisans que está atento à Barão do Rio Branco e as preciosas árvores que margeiam o Rio Piabanha e fazem da via uma das mais lindas da cidade. O projeto Adote uma Praça também poderia abranger as margens dos rios da cidade para que recebessem o cuidado que necessitam.

Adote 2

Tem outro Partisans que acredita que o Adote uma Praça não só vai vingar como abranger muitas outras coisas: “É o caminho para que a cidade tenha o cuidado que merece. Onde o poder público não chega o empresário vai poder atuar”.

Da série ‘casarões históricos na cidade’ foto de José Renato Lisboa Cordeiro na Avenida Koeler.

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Últimas