Pré-candidatos perseguem Paulo Igor nas ruas da cidade

  • 10/07/2020 00:01

    Perseguido

    Virou diversão acompanhar Paulo Igor, vereador afastado e pré-candidato à reeleição, pelas ruas.  O que tem de concorrente de câmera em punho pra fazer imagem dele acompanhando colocação de asfalto pela prefeitura… Isso não vai acabar bem, não, gente.

    Agenda fraca

    Já teve mais prestígio em Brasília o prefeito Bernardo Rossi. Na agenda com a Agência Nacional de Transportes Terrestres, foi recebido por André Luis Macagnan, que é procurador-geral substituto do órgão. E nada de concreto: apenas deixou um ofício em mãos. Em outras ocasiões foi recebido pelo diretor da ANTT.

    Perdeu a viagem

    A viagem pra Brasília para tratar da aceleração da licitação para escolha da empresa que vai administrar a BR-040 não foi mesmo muito produtiva. Essa semana a prefeitura protocolou um oficio pedindo uma audiência com o ministro da Infraestrutura e ontem ainda não rolou a reunião. Talvez se mandasse os ofícios pelos Correios saia mais barato.

    Outro Marcelo

    Também estranhamos que não tenha levado consigo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares. Tudo bem que o Turismo é diretamente afetado pela falta de modernização da BR-040, mas o secretário da TurisPetro, Marcelo Valente, nesta agenda, não teria assim tanta valia.

    Agentes da Defesa Civil foram dar uma força ao Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa que está com 65% das doações abaixo do habitual. Mas, você pode ir ajudar também: o banco de sangue funciona todos os dias, das 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477, Bingen, ao lado do HST.

    De moto, não!

    Essa semana chegou uma reclamação diferente aqui pros Partisans: galera de moto está sendo discriminada em um motel da cidade. Ou paga antes ou não entra. O motel explica que tava levando golpe de casais de moto que depois alegavam não ter dinheiro pra pagar.  Partisans ainda acham que é preconceito conta os motocas.

     Empatia

    A gestão Bernardo Rossi ainda não se pronunciou sobre as cerca de 6 mil demissões em dois meses na cidade e nem no caso mais recente revelado de 300 dispensas na GE-Celma, a maior empregadora da cidade – e a maior recolhedora de ISS batendo a casa de R$ 20 milhões.  Ninguém espera uma solução milagrosa local pra um problema nacional, mas um apoio é sempre bem vindo. A Prefeitura não acenou em nenhum momento para as empresas da cidade.

    Lotados

    A fiscalização da prefeitura na lotação de ônibus, ao contrário do que pregam as suas próprias regras na flexibilização da economia, é falha. Todos os dias a Tribuna recebe reclamações de usuários e nas redes sociais são imagens e vídeos de filas lotadas e ônibus idem.

    Espera

    A Tribuna noticiou aqui, nas páginas de Cidade, mas os Partisans vão destacar também porque estamos bestas: a agência central dos Correios está submetendo as pessoas a uma espera de três horas na fila. Durante a operação, do Procon, que autuou a agência, um idoso precisou de atendimento médico após se sentir mal enquanto aguardava a prestação do serviço.

    Ação de aniversário

    A rede de supermercados Armazém do Grão está completando seus 12 anos e escolheu comemorar – além de oferecer descontos para os clientes – com uma ação social. Está arrecadando alimentos entre clientes, fornecedores e colaboradores. A meta é chegar a 50 toneladas que serão entregues a 12 entidades assistenciais de Petrópolis.  A campanha vai até o dia 12 de agosto, então, tem bastante tempo para todo mundo contribuir.

    O Armazém do Grão faz aniversário e, além de descontos para os clientes, lançou uma campanha para arrecadar alimentos para 12 instituições assistenciais da cidade. É só chegar a uma das lojas da rede e dar sua contribuição!

    Consulta pública

    Os vereadores Gilda Beatriz e Leandro Azevedo protocolaram na Câmara um projeto de Lei que visa a abertura de uma consulta pública sobre a retomada das aulas na rede pública municipal. Se aprovada os pais poderão se manifestar sobre a volta às aulas discutindo a melhor data e também sobre as medidas de isolamento nas unidades. Os pais hoje estão entre a cruz e a espada: depois de quatro meses com crianças em casa estão loucos para que escolas reabram, mas também temem riscos de contaminação pela Covid-19.

    Multa

     

    O que tem de gente sem máscara nas ruas da cidade não está no gibi. Mesmo assim, a prefeitura, até hoje aplicou apenas uma multa a uma pessoa que não cumpriu a regra. 

    Últimas