Portuguesa-RJ abre 2 a 0, mas reservas do Flamengo buscam empate fora de casa

17/abr 23:07
Por Estadão

Com equipe reserva, o Flamengo sofreu na noite deste sábado para arrancar o empate com a Portuguesa-RJ pela 10ª rodada da Taça Guanabara, a primeira fase do Campeonato Carioca. Jogando no estádio Luso-Brasileiro, a Lusa abriu 2 a 0 no primeiro tempo, mas o Fla buscou o 2 a 2 no segundo, com gols de Pedro.

Apesar do tropeço, o Flamengo reassumiu a liderança da tabela, com os mesmos 20 pontos do Volta Redonda, mas com vantagem no saldo de gols. O rival, contudo, poderá retomar a primeira colocação no decorrer da rodada. Já a Lusa, com boa campanha, está em quarto lugar, com 18 pontos.

Preocupado com a estreia do Flamengo na Copa Libertadores, na terça-feira, contra o Vélez Sarsfield, na Argentina, Rogério Ceni mandou a campo neste sábado uma formação quase toda reserva. De titular, apenas Rodrigo Caio começou jogando. Mas deixou a partida no intervalo por precaução, em razão do gramado pesado do luso-brasileiro.

O retorno ao time que vinha atuando no início do Estadual, mas sob o comando do auxiliar, não trouxe o desempenho esperado no primeiro tempo, apesar das boas performances nos primeiros jogos. Ceni não conseguiu repetir aquele bom entrosamento e os reservas não se encontraram em campo.

Mais bem encaixada, a Portuguesa aproveitou a falta de consistência do visitante. Encontrando espaço na defesa, Mauro Silva avançou pela intermediária e arriscou chute de longe. Acertou o ângulo, sem qualquer chance para o goleiro Hugo Souza, aos 12 minutos. O segundo veio aos 27, em jogada de Cafu e Chay que culminou no gol de Romarinho, pegando a sobra.

Na volta para o segundo tempo, o panorama não parecia mudar. Aos 6, Emerson Carioca quase anotou o terceiro dos anfitriões. Hugo Souza fez grande defesa. A reação do Flamengo começou quatro minutos depôs, sob a liderança de Pedro. Aos 10, Michael cruzou da esquerda e o atacante deu um “coice” quase na pequena área para completar para as redes

Mais atento, o Flamengo cresceu no jogo. O time exibia atuação mais coletiva, com o ataque reforçando a marcação alta. Com novo ânimo, o Fla passou a impor pressão e a Lusa aceitava. Aos 17, João Gomes descolou lindo passe para Pedro anotar o segundo dos visitantes.

Mas a reação do Flamengo parou por aí. E, mesmo com a entrada de Rodrigo Muniz no lugar de Pedro, o time visitante não conseguiu buscar a virada. Rodrigo é um dos artilheiros do Estadual.

FICHA TÉCNICA:

PORTUGUESA-RJ 2 x 2 FLAMENGO

PORTUGUESA-RJ – Neguete; Watson (Sidney), Pedro Carrerete, Diego Guerra e Luis Gustavo (Muniz); Wellington Cezar, Mauro Silva, Cafú (Rafael Pernão); Chay, Emerson Carioca (Douglas Eskilo) e Romarinho. Técnico: Felipe Surian.

FLAMENGO – Hugo Souza; Matheuzinho, Rodrigo Caio (Bruno Viana), Gustavo Henrique e Renê; Hugo Moura, João Gomes (Thiaguinho) e Pepê (Max); Vitinho (Mateus Lima), Michael e Pedro (Rodrigo Muniz). Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Mauro Silva, aos 12, e Romarinho aos 27 minutos do primeiro tempo. Pedro, aos 10 e aos 17 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luis Gustavo, Emerson Carioca, Gustavo Henrique, Pedro Carrerete, Neguete, João Gomes.

ÁRBITRO – Rafael de Sá.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ).

Últimas