Por falta de merenda, Conselho quer aulas presenciais adiadas

18/ago 02:21

O Conselho de Alimentação Escolar registrou em ata da última reunião – conforme os Partisans tinham já avisado – que por falta de merenda as aulas presenciais previstas para retornarem dia 24 na rede municipal devem ser adiadas. Uma licitação, feita apenas em julho, para a compra de proteínas para a merenda, resultou em apenas um item adquirido: tilápia. São 28 toneladas de peixe. Ficaram de fora dessa compra carne bovina e frango. E mesmo assim o Conselho disse quem nem mesmo a entrega da tilápia está assegurada nas unidades escolares.

Só tem tilápia

“Ressaltando que não há outra fonte de proteína de origem animal para substituir a tilápia, nem tampouco apresentar conforme certificado, a correta alternância de gênero protéico durante os dias letivos, já que a tilápia será a única fonte de proteína animal disponível. Nota-se ainda que peixe é um gênero alimentício de baixa aceitabilidade entre os alunos”, afirma o CAE em ata.

Adiamento

Assim o CAE recomenda que “por evidente falta de condições por parte da Gerência de Alimentação Escolar em dar sustentabilidade e suprir de forma correta e plena a alimentação escolar nas unidades da rede municipal de ensino, que o retorno às atividades presenciais seja adiado até que todas as considerações definidas estejam solucionadas ou garantidas “, assinalam os conselheiros.

Aulas em três horas diárias

A Secretaria de Educação estaria estipulando período diário de apenas três horas de aula e lanche justamente em função dos itens de merenda que faltam e também equipe de merendeiras. Os conselheiros do CAE também deixaram claro que parte da alimentação nem está em estoque ainda. Uma solução seria uma compra emergencial.

Contagem         

Petrópolis está há 229 dias sem prefeito eleito pelo povo.

Há algumas semanas publicamos uma foto bem parecida com essa, da Praça da Liberdade. No mesmo dia a Comdep foi lá e limpou. Mas, esqueceram que é preciso continuidade na manutenção. Segunda-feira já tava assim de novo.

Cabeça

Para não dizer que apenas Mauro Peralta pede a cabeça de membros do governo vamos destacar o que disse seu colega, Yuri Moura, sobre a Educação: “a secretaria não está mais se comprometendo com o próprio governo e não tem mais apoio na rede. Hingo Hammes deve repensar a gestão da secretaria”. Uma forma fina de pedir a cabeça. 

Te avisei!

Pedindo apoio de seus colegas para fazer um apelo chegar ao interino Hingo Hammes, o vereador Mauro Peralta frisou: “Não tenho prestígio nenhum com o prefeito”.  Até que demorou para se tocar.

Nada de viagens

Poxa, mais duas licitações deram desertas: contratação de agência para a compra de passagens aéreas e contratação de empresa para viabilização de hospedagens. Isso seria para as viagens de servidores e secretários.

Flores em você

E o vereador Marcelo Chitão propôs que a prefeitura plante lírios amarelos no viradouro do ônibus no final da Rua Indaiá, no São Sebastião.  Não quer margaridas, nem crisântemos, nem azaléia. Tem que ser lírio. E amarelo.

Tudo igual?

Perfil de um grupo de rodoviários nas redes sociais listou, depois de o governo anunciar retorno de 100% das linhas troncais, as mazelas que ainda sofrem os usuários. Linhas 117, 145, 360, 404, 469, 441 e 450 são exemplos das que ainda não voltaram.  Já as 137, 150, 160. 180 e 480 ou não estão com itinerário completo ou rodam com horários reduzidos ou também deixaram de rodar nos finais de semana. Tem ainda problemas na linha do Calembe, que deixou de circular e no bairro da Glória onde circulam coletivos  lotados e final de semana com apenas um micro-ônibus. E na linha 600 somente dois carros operando no horário de pico. Talvez o relatório ajude à Comissão de Transportes da Câmara dos Vereadores a fiscalizar e cobrar providências.

Pensa bem, gente!

E a prefeitura vai voltar a fazer testagem de covid nas ruas. Já comprou 20 mil testes para serem usados em tendas no Centro Histórico e próximo aos terminais de ônibus também nos distritos para testagem de sintomáticos. E quem der positivo? Entra no ônibus lotado e vai para casa?

Empatia

O Instituto Empatizar promove domingo a segunda edição do “Experiências Empáticas”. Será uma caminhada pelo Centro Histórico, saindo às 9h, da Praça da Inconfidência. Durante a caminhada a arte, a fotografia, a história, a filosofia e a empatia serão abordadas a partir da interação dos participantes com o espaço, com a natureza e com o outro.A caminhada  termina no Parque Natural de Petrópolis.

Esta é a situação da Estrada União Indústria em frente ao número 12.726, em Itaipava, onde o esgoto jorra já faz uma semana e está um jogo de empurra entre Prefeitura e a Águas do Imperador. A prefeitura chegou a ir tentar desentupir, mas disse que era com o Dnit… Lojistas e moradores pediram para a gente publicar a foto e ver se eles se resolvem.

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Últimas