Polícia Civil prende turista americano e mulher acusados de prostituir adolescente. Ação aconteceu em um hotel em Copacabana

07/jan 17:40

Policiais civis da 13ª DP (Ipanema) prenderam em flagrante um turista americano e uma mulher por favorecer a prostituição de uma adolescente. A suspeita presa é mãe da menina. A ação aconteceu em um hotel, em Copacabana, Zona Sul do Rio. 

Os policiais iniciaram as diligências a partir de uma informação relatando que um homem estava com uma adolescente em um hotel. Os agentes foram ao local e constataram, por meio de imagens de câmeras de segurança, que o acusado estava beijando e agarrando a menor. Ao se dirigirem ao quarto em que o turista americano estava, os policiais entraram e flagraram ele e a garota. A mãe da menina estava hospedada no quarto ao lado. 

Os agentes descobriram que a vítima, sua mãe e seu irmão, de 2 anos, vieram do estado de São Paulo com todos os custos bancados pelo acusado para realização do encontro sexual, não tinham dinheiro para ficar no Rio de Janeiro e nem condição de permanecerem no hotel. As investigações indicam que essa não foi a primeira vez que a mãe submeteu a filha à prostituição e que o turista americano veio ao Brasil exclusivamente para o encontro sexual e tinha conhecimento da idade da menor. Além disso, ele confessou que praticou ato sexual com a adolescente no hotel e sabia que a mãe dela estava hospedada em um quarto ao lado.

O turista americano e a mãe das adolescente responderão pelos crimes de favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de adolescente. O caso aconteceu na tarde de segunda-feira (04), mas só foi divulgado nesta quarta-feira (6). 

Últimas