PM de Petrópolis pode perder mais efetivo com aposentadorias

11/jul 03:30

O déficit hoje já seria de 160 homens, segundo vereadores expuseram em plenário da Câmara. E ainda há a perspectiva de a cidade ficar com menos 40 policiais militares que estão prestes a se aposentar. O tema foi discutido no legislativo, mas seria necessária uma ação mais contundente para que o Batalhão reponha os aposentados e consiga recuperar o efetivo de anos atrás. É fundamental que deputados e o próprio prefeito interino, Hingo Hammes atuem junto ao governo do Estado.

Alô, reboque!

Todo o dia os Partisans recebem sugestões de cidadãos indicando ruas com carros estacionados irregularmente ou abandonados para que o serviço reboque da CPTrans atue. E recebemos, de novo, dos moradores do Cremerie.  Feio demais a quantidade de carcaças ali perto do Parque Cremerie.

Fake

Falando em reboque, a operação da CPTrans com PM e Detran – inclusive que já está com menos visibilidade  depois das críticas porque só estava flagrando carros com documentos atrasados– tem um apelido oficial: Reboque Fake. Porque até agora, retirada de sucata nas ruas e carros mal estacionados, o que foi ‘vendido’ para os moradores como benefícios da operação não fez nem tchum.

Está linda a exposição “Observando arte: um olhar sobre a pinacoteca do Museu Imperial”. Ela ocupa três salas e traz 42 obras, em sua maioria, pinturas a óleo do século XIX. A mostra comemora a reabertura da ala direita do nosso Museu.

Mais um aditamento

O contrato de maior valor do governo é o da prefeitura com a Comdep que prevê a limpeza urbana. São R$ 55 milhões por ano e vence agora este mês. Vai ser renovado pela gestão interina de Hingo Hammes tal e qual todos os governos anteriores desde sempre.

Voto impresso

Sobre a volta do voto impresso, uma bandeira do presidente Jair Bolsonaro, técnicos da Fundação Getúlio Vargas alertam: retornará com o voto de cabresto, usado principalmente pelos “coronéis” da República Velha que, graças à fragilidade do sistema eleitoral, conseguia obrigar os eleitores a optarem por determinados candidatos.  Mas, aí você pergunta: “que coronéis?”.  Imagina só o que será o voto impresso nas áreas dominadas por milícias…

CPF pra rolo

O vereador Marcelo Lessa, do Solidariedade – do deputado Áureo – pode também ser candidato a prefeito. Se o partido der ok ele está dentro.  Já ser vice na chapa de Hingo Hammes já pode não rolar mais.

Revanche

Alguns vereadores, chorosos, reclamam que o prefeito interino Hingo Hammes já não os atende mais de pronto ao telefone. E agora estão se vingando. Também não atendem mais o prefeito.

Contagem         

Petrópolis está há 191 dias sem prefeito eleito pelo povo.

CCs

E os vereadores voltaram a reclamar dos cargos em comissão nos hospitais da cidade ocupados ainda por ‘gente de Bernardo Rossi’ em especial o Alcides Carneiro, ainda que o presidente do Sehac, Filipe Fortuna, tenha sido retirado do cargo. Vamos contar um segredo para vocês que pode ajudar: esses são apadrinhados do falecido Paulo Igor…

Eleições à vista! E foi dada a largada das lives dos candidatos a prefeito. Até o tímido interino Hingo Hammes tá colocando o rostinho lindo para jogo.

Por conta própria

Moradores de Secretário arregaçaram as mangas e estão, por conta própria, desenvolvendo projetos para o bairro: estão construindo duas cabines para a Guarda Civil e ainda alargando algumas ruas. Ainda pretendem fazer reflorestamento e outras ações. Já arrecadaram em 10 dias, R$ 50 mil com a meta de chegar a R$ 250 mil. As informações sobre a vaquinha estão disponíveis no site do Instituto.  

Festa no PSL

O PSL em Petrópolis organiza para receber com festa os novos integrantes de suas fileiras, o ex-governador Garotinho e o prefeito de Belford Roxo, Waguinho, que é o presidente estadual da legenda, aqui em Petrópolis capitaneada pelo vereador Octávio Sampaio.  Garotinho, em especial, quer voltar a cidade por cima, pois foi posto de lado por Rubens Bomtempo depois de o governador ter impulsionado sua candidatura a prefeito em 2000. Garotinho até hoje é um poço de mágoas com Bomtempo.

Eita!

E o subsecretário das Cidades, Bernardo Rossi, ciceroneou um grupo de empresários à AgeRio, agência de fomento do governo do Estado, em busca de financiamento. Entre eles um ex-secretário de sua gestão, pobrinho tadinho, indo buscar empréstimo para abrir uma loja. Os demais olharam ressabiados…

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br     

Últimas