Petrópolis terá protocolo de segurança para o transporte público em caso de chuva forte

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 11/maio 16:54
    Por Redação/ Tribuna de Petrópolis

    Após a tragédia do dia 15 de fevereiro que matou pelo menos 20 pessoas afogadas na Rua Washington Luiz, devido a um ônibus que foi arrastado pela enxurrada, Petrópolis criará um protocolo de segurança sobre como agir em caso de chuva forte. A medida é um pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Petrópolis, que criará um Grupo de Trabalho envolvendo diferentes órgãos para a elaboração do protocolo.  

     Uma das ideias do Grupo de Trabalho é orientar os motoristas de ônibus para que saibam como proceder em eventos de chuva intensa, prolongada e de alagamentos, a exemplo do que ocorreu durante a tragédia em fevereiro deste ano. Em princípio, integrarão o grupo de trabalho o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTRANS). 

     A promotora de Justiça Vanessa Katz explica: “Requisitamos a criação desse grupo de trabalho para que seja desenvolvido o protocolo e, futuramente, oferecida a capacitação aos profissionais que trabalham no transporte público. A ideia é aumentar a segurança de todos.”. 

     “Faz total diferença a pessoa saber como agir no momento correto. Trata-se de criar uma cultura de preparação para o desastre, com estratégia e capacitação. Outros dispositivos, como sensores e cancela para bloqueio do trânsito em determinadas vias, estão sendo planejados, mas são custosos. Entretanto, podemos agora nos planejar e treinar para enfrentar essas situações futuras”, disse Zilda Januzzi, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do município, durante a reunião. 

    A primeira reunião técnica para iniciar os trabalhos ficou agendada para a próxima semana, com a participação dos órgãos operacionais. Na semana seguinte o grupo deve se reunir novamente com o MPRJ para tratar do tema. 

    Últimas