Petrópolis pode receber pacientes da Covid-19 de outras cidades

  • 29/07/2020 00:01

    Primo pobre…

    Petrópolis pode receber pacientes da Covid-19 de outras cidades. Segundo a Nota Técnica do Projeto de Avaliação do Desempenho do Sistema de Saúde, da Fiocruz, algumas cidades com maior capacidade de atendimento já têm servido de apoio para a população de centros menores. E uma das indicações da Fiocruz, com a interiorização da Covid-19, é como fica o fluxo de atendimento aos pacientes acometidos pela doença nos municípios mais precários.

    … e primo rico

    Em Niterói, Volta Redonda, Nova Iguaçu e Cabo Frio, entre 30% e 50% das internações realizadas são de residentes de outros municípios. Magé, aqui do lado, tem 250 mil habitantes, 2,2 mil pessoas com Covid-19, 149 mortos e apenas 10 UTIs.  Petrópolis, o primo rico, com 122 UTIs pelo SUS tem apenas 20,49% delas ocupadas.

    Viagem no tempo

    Mais uma da série Dark que, pra quem não sabe, é inspirada em Petrópolis. O Diário Oficial de sexta que só foi ao ar pela Internet na segunda de manhã, trouxe novos horários do comércio. Mas, todo mundo só ficou sabendo mesmo de supetão, depois que lojistas começaram a divulgar nas redes sociais na própria segunda. Porém, tinha um errinho no decreto e a prefeitura, na segunda-feira, anunciou que iria corrigir. E aí publicou a correção em um DO no sábado. Mas, como assim? Voltou no tempo?

    Como assim?

    Ao confirmar a morte da enfermeira Vilma Anesclar, vítima de Covid-19, a prefeitura disse que ela tinha  “doença pulmonar obstrutiva crônica”. O que fazia uma profissional com este quadro de saúde na linha de frente do combate ao coronavírus na UPA Vermelha de Cascatinha?

    A desolação do funcionário da Comdep vendo lixeiras queimadas, na Posse, reflete o sentimento de todos nós. Foram nove, em toda a cidade, só no final de semana. E a coleta tem sido regular, nada que justifique a queima de lixo.

    UFC

    E ontem, apesar do recesso ter sido suspenso, não teve MMA, ops, quer dizer, sessão na Câmara de Vereadores. Deve ser pra esfriar os ânimos da última luta. Mas, esta semana Dudu, Gilda e Antônio Britto ainda estarão juntinhos em plenário.

    Teve mais, gente!

    Segundo a prefeitura, neste final de semana, Petrópolis teve 48% de ocupação na rede hoteleira. Mas, deve ter muito veranistas também porque teve engarrafamentos nas barreiras sanitárias, principalmente em Bonsucesso e muita gente na rua em Itaipava.

    Incêndios

    Os números do Corpo de Bombeiros sobre as queimadas em Petrópolis são assustadores este ano. Em 2019, em todo o  período de estiagem foram 193 incêndios. Este ano, em dois meses, já são 120.  E atualmente há mais uma preocupação: doenças decorrentes da inalação de fumaça são fator de complicação em meio à pandemia da Covid-19.

    Cadê o plano?

    Partisans têm visto os Bombeiros se matando para combater os incêndios florestais em Petrópolis. Nos últimos dias foram dois de grandes proporções. Prefeitura está ajudando, mas não deveria ela, com seu Plano Inverno da Defesa Civil, estar à frente?  

    Pensem nisso

    Talvez, queridos pré-candidatos, os eleitores não queiram receber mensagens no Whatsapp dando bom dia, boa tarde e boa noite. Cartões motivacionais também, não.

    Devagar

    Só depois de a Defensoria Pública divulgar que há falta de vagas de UTIs para pacientes que não estão com covid-19 que os vereadores se manifestaram. E apenas dois deles: Leandro Azevedo e Gilda Beatriz.

    Recital online

    Os alunos da Escola de Música do Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis farão um recital inédito.  Mas, por causa da pandemia, as apresentações de hoje, amanhã e sexta serão transmitidas pela página dos Canarinhos no Facebook. As apresentações acontecerão sempre às 19h. As apresentações serão individuais e contarão com a participação dos alunos dos cursos de piano, violino, violão, guitarra e canto.

     

    O ex-vereador Marcelo Lessa gravou vídeo lá no condomínio Vicenzo Rivetti, mostrrando fiação solta e relógio de luz esculachado. Segundo ele, tem gente que se mudou, mas não tem ainda luz e gás ligados…

    Últimas