Petrópolis confirma 1,1 mil casos de covid em 24 dias e mais de 2 mil aguardam exames

  • Continua após o anúncio
    Continua após o anúncio

  • 27/jan 02:23

    Petrópolis registrou 1.179 casos de covid em apenas 24 dias. E esse número nem corresponde à realidade, afinal, estão ainda em análise 1.865 exames colhidos nas últimas semanas. Ontem pela manhã, a UPA Centro tinha filas enormes de pessoas tentando exames ou retornando porque pioraram em seus quadros. É por isso que a Defensoria Pública quer que a prefeitura informe sobre exames com resultados represados porque sem esses dados só se consegue avaliar o tamanho do problema a ‘olho nu’ como ver as filas nos atendimentos da saúde. E mais: a Defensoria também quer saber quais e quando medidas sanitárias restritivas serão tomadas.

    Eu, hein!

    Partisans queriam saber qual a vantagem de se assaltar um desempregado. Porque foi o que aconteceu, conforme noticiado nas páginas de Cidade da Tribuna, com um rapaz de 21 anos que foi ao Chácara Flora para uma entrevista de emprego em uma suposta hamburgueria.  Lá, o assaltante o esperava e roubou dois cartões de passagem, um aparelho celular e R$ 17. Noves fora, andou de graça em ônibus, gastou o pré-pago do menino e comprou duas pipocas com o dinheiro.

    Acende a luz!

    A Vasconcelos e Santos, nova empresa contratada para a manutenção da iluminação pública, está deixando a desejar. Um morador da Rua Alfredo José Gomes, no Quitandinha, pediu um socorro para a gente. Ele pediu no dia 04 um reparo e teve a promessa de que em três dias seria feito. E até agora nada.  Para ajudar a empresa que não está ligando ‘o nome à pessoa’, vamos dar uma ajudinha: a rua é a do 26º Batalhão da PM. Não folga, não, gente.

    O florescer do ipê amarelo na Praça da Liberdade é um dos momentos mais aguardados do ano na cidade. E olha como está lindo! A foto é de Caio Garin.

    Exemplo

    Você sempre confere nas páginas de cidade da Tribuna sobre o trabalho da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos, a APPO. Mas a gente quer destacar hoje um dos projetos da entidade, a Casa de Apoio, que hospeda pessoas de fora da cidade que vêm se tratar aqui. No ano passado, 174 pessoas foram acolhidas pela Casa de Apoio, com 122 acompanhantes. Além do atendimento multidisciplinar, a APPO oferece ainda toda a alimentação para os acolhidos e acompanhantes. Só em 2021 foram servidas 7.263 refeições.

    Fica esperto!

    Tem umas coisinhas que o ex-interino Hingo Hammes vai ter que se policiar ao ‘bater’ na gestão do sucessor Rubens Bomtempo. Retornando como vereador – e de oposição – não vai poder esquecer os quase 12 meses que esteve como prefeito e que podia ter feito diferente.  

    Eu, hein!

    Um desses casos acaba de acontecer. O ‘gabinete’ do vereador postou nas redes sociais vídeo com comerciantes agradecendo a retirada dos tapumes ali da Nilo Peçanha, colocados por causa da obra do Theatro D. Pedro. E tascaram: ‘uma reivindicação antiga’. Ué? Mas como prefeito interino Hingo Hammes não resolveu por quê? Já sobre as obras paralisadas de reforma do Theatro, inclusive no um ano de sua gestão interina, eles não falaram nada, não.

    “A gente vévi”

    Quem vai estar em Petrópolis no dia 05 para um show no teatro Santa Cecília é o comediante Emerson Ceará. “A gente vévi” é o título do show, frase inspirada na mãe do comediante.  A apresentação é às 21h e os ingressos já estão à venda. Para ingressar no teatro é obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação contra a covid e estar usando máscara.

    “Comediante, retirante e quase paulista”, como se define, Emerson Ceará faz show dia 05, no Teatro Santa Cecília.

    Grey Power

    Cada vez mais pessoas mais velhas estão ingressando na universidade. O público acima dos 50, 60 anos aumentou em 42% nos bancos universitários. Com essa pesquisa na mão a Unifase criou a campanha 50+ que, desde 2019, beneficia diretamente as pessoas com 50 anos de idade ou mais em um dos cursos de graduação oferecidos pela instituição. Os interessados, dentro do perfil, recebem 50% de desconto no valor de todas as mensalidades, ao longo do período de estudos.

    Reivindicações

    Moradores das ruas Spartaco Banal e Montese, no Itamarati, terra do vice-prefeito e secretário de Obras e também de Serviços Públicos, Paulo Mustrangi, fazem uma reunião com ele – e também esperam o prefeito Rubens Bomtempo – hoje, às 18h30, na quadra do Bem Te Vi. Querem uma solução para as ruas interditadas no bairro.

    Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

    Últimas