Petrobras: produção comercial de óleo e gás é de 2,48 mi de BOE/d no trimestre

22/jul 19:47
Por Estadão

A Petrobras fechou o segundo trimestre deste ano com produção comercial de petróleo e gás natural de 2,48 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), uma alta de 0,4% se comparada a igual período do ano passado.

O desempenho foi ainda 1,4% melhor do que o do primeiro trimestre de 2021. Apenas no Brasil, foram extraídos 2,75 milhões de boe/d – 2,22 milhões de barris por dia (bpd) de petróleo e 528 mil boe/d de gás natural. Ao todo, no Brasil e no exterior, a produção foi de 2,79 milhões de boe/d, uma queda de 0,2% em relação ao segundo trimestre do ano passado.

O pré-sal, de onde foram retirados 1,62 milhão de bpd de petróleo, continua sendo o destaque da companhia e, de longe, a região apresentou o crescimento mais significativo, de 6,1%, comparado ao segundo trimestre de 2020. Em relação ao trimestre anterior, a alta foi de 3,4%.

O inesperado do trimestre foram os números da balança comercial. As importações aumentaram 146% no trimestre, comparado a igual período do ano passado. A explicação para isso está no óleo diesel, segundo a empresa.

“As importações de diesel aumentaram no segundo trimestre de 2021 também pelas paradas programadas, além do aumento das vendas no mercado doméstico. O maior volume de importação de diesel contribuiu para o aumento das vendas da Petrobras no Brasil, mesmo sem crescimento da produção de diesel entre os trimestres, devido às paradas nas refinarias”, afirmou a petrolífera, no relatório.

Já as exportações de petróleo cresceram 8%, contribuindo para que a empresa alcançasse um saldo líquido de exportação de 652 mil bpd. Ainda assim, esse volume foi 20,8% menor do que o do segundo trimestre do ano passado. “Para o terceiro trimestre ficaram ainda 23 milhões de barris de exportação em andamento, oriundo do segundo trimestre de 2021. A queda das importações de petróleo no segundo trimestre contribuiu, em menor escala, para o aumento da exportação líquida”, informou a empresa.

Últimas