Palmeiras afasta Lucas Lima após meia ser acusado de ir a festa clandestina

18/jun 16:14
Por Estadão

O Palmeiras decidiu afastar o meia Lucas Lima, acusado por torcedores de ter participado de uma festa clandestina em São Paulo na madrugada desta sexta-feira. O clube comunicou horas depois de o caso vir à tona que o jogador ficará afastado das atividades “pelo prazo que o departamento de futebol entender necessário”.

Em comunicado, o Palmeiras prometeu tomar “as medidas administrativas cabíveis, como sempre fez em casos de quebra de protocolo de saúde”. O clube deve aplicar uma multa no jogador e existe uma pressão interna para que a diretoria tente emprestá-lo para outra equipe. Uma possível venda é pouco provável já que não há propostas.

Lucas Lima foi interceptado por membros de uma torcida organizada do time alviverde, que o xingaram e pediram a sua saída. O incidente foi filmado e amplamente divulgado nas redes sociais. Jogador e torcedores não estavam usando máscaras no momento da confusão.

“Errei, errei. Perdão”, disse Lucas Lima em determinado momento da gravação. “Tá achando que é fácil, né?”, cobrou parte do grupo, enquanto o meia entrava em um carro para ir embora do local.

A assessoria de imprensa de Lucas Lima alegou que o atleta não estava em uma festa clandestina, e sim jantando com um amigo. O episódio ocorreu na região de Pinheiros, em São Paulo.

Aglomerações do tipo são proibidas no Estado de São Paulo durante a pandemia do novo coronavírus. Nesta semana, em Assunção, no Paraguai, o jogador recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19. Os imunizante do laboratório chinês Sinovac foram ofertados pela Conmebol. O elenco tomará a segunda dose daqui a menos de um mês, na semana do confronto com a Universidad Católica, pela ida das oitavas de final da Libertadores.

No último final de semana, dois funcionários do clube alviverde morreram por covid-19: o podólogo Edson Silva e o segurança Cristiano de Oliveira. O clube fez homenagens póstumas aos dois.

Lucas Lima, de 30 anos, faz parte do elenco alviverde desde 2018 e ainda não conseguiu convencer no Palmeiras. Ele tem um dos maiores salários do elenco e é reserva. Nesta temporada, ficou um período fora por lesão e quando voltou não agradou. O meia foi um dos que erraram pênalti na eliminação para o CRB na Copa do Brasil.

Últimas