Número de sepultamentos na cidade aumentou 21% em um ano

24/mar 12:16
Por Janaina do Carmo

Um vídeo que circulou nas redes sociais esta semana, mostrando a própria família tendo que cavar a cova do familiar morto (imagem acima) chamou a atenção para o aumento na quantidade de mortes após o início da pandemia da covid-19. Em Petrópolis, a quantidade de sepultamentos aumentou em torno de 21% em um ano. Os dados foram solicitados pela Tribuna à Prefeitura de Petrópolis e revelaram que em fevereiro de 2020 (um mês antes da pandemia da covid-19), foram realizados 151 enterros. No mesmo período deste ano, foram 184 sepultamentos, ou seja, uma média de quase sete por dia.

De acordo com os dados, foram 33 óbitos a mais registrados na cidade neste período. Os dados de março ainda não foram fechados. A Tribuna questionou sobre a quantidade de enterros que estão sendo realizados diariamente na cidade, neste ano em comparação com o ano passado, mas a Prefeitura não informou.

Segundo os números do painel covid-19 no site da Prefeitura, em fevereiro deste ano 51 pessoas morreram vítimas da doença na cidade. Em fevereiro do ano passado, o município ainda não havia registrado casos e nem mortes pelo coronavírus, o que só aconteceu no dia 19 de março. Ainda de acordo com as informações do painel, março deste ano já superou o número de óbitos de fevereiro. Até o momento, 72 pessoas morreram este mês de covid-19 na cidade.

Desde o início da pandemia até agora, janeiro foi o período em que mais pessoas morreram pela doença em Petrópolis, foram ao todo 110 mortes. O segundo mês com mais óbitos provocados pela covid-19 foi em dezembro de 2020, quando foram registrados 91 falecimentos.

A Tribuna questionou as imagens divulgadas nas redes sociais e em nota a Prefeitura informou “que está apurando o caso rigorosamente e já identificou falha no horário de marcação do sepultamento, com dois agendamentos no mesmo horário. A Prefeitura informa que está tomando todas as medidas cabíveis para que casos como este não se repitam”.

Últimas