Novos contratos podem ampliar oferta de água na baixada

04/03/2016 16:04

O Governo do Estado, por meio da Cedae, já assinou sete dos nove contratos para universalizar o abastecimento de água na Baixada Fluminense. As obras do programa de Abastecimento de Água e construção do Novo Guandu foram iniciadas no fim de 2015. Já estão sendo realizadas intervenções em localidades como Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Queimados e Belford Roxo. 

– Temos oficializado contratos importantes, que garantirão o prosseguimento das obras de abastecimento de água na Baixada Fluminense. Estamos trabalhando com afinco em um conjunto extenso de obras que são esperadas há décadas pela população e são uma das prioridades do Estado – explicou o presidente da Cedae, Jorge Briard.

110 mil beneficiados

O mais recente contrato foi assinado em 23 de fevereiro e atendeu a Cabuçu, no município de Nova Iguaçu. As obras de construção de dois reservatórios, booster (conjunto de bombas) e assentamentos de troncos e de adutora, no valor de R$ 113,2 milhões, vão beneficiar mais de 106 mil moradores. 

Também no mês passado, o governo chancelou mais dois acordos para a execução das intervenções de complementação da nova adutora principal da Baixada Fluminense e do booster de Austin, em Nova Iguaçu. 
No mês de dezembro, a Secretaria de Obras assinou contrato para ampliação do sistema de abastecimento de localidades em Belford Roxo. Com investimento total de R$ 84 milhões, as intervenções iniciadas em dezembro de 2015 beneficiarão diretamente cerca de 300 mil habitantes do município.

No fim do ano passado, a Cedae também garantiu o contrato para a execução das obras de implantação e ampliação do sistema de abastecimento em Queimados. As intervenções, iniciadas em janeiro deste ano, vão beneficiar diretamente mais de 200 mil moradores. Orçadas em R$ 75 milhões, as obras incluirão a construção de dois reservatórios na cidade.
 

Programa beneficia diversos municípios
 

O Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense e a construção do Novo Guandu, orçados em R$ 3,4 bilhões, incluem a implantação de uma estação de tratamento de água para 12 mil litros por segundo, elevatória de água tratada, linha de recalque (tubulação que abastece o reservatório), reservatório com capacidade para 57 milhões de litros, além de outros 17 reservatórios. Também está previsto o assentamento de 95 km de adutoras para abastecer os reservatórios, implantação de 760 km de troncos e rede distribuidora, instalação de mais de 100 mil novas ligações prediais e reforma de nove reservatórios.


Andamento dos nove contratos


Duque de Caxias – Obra já contratada e iniciada; 

 

Austin e Queimados – Obras de complementação da adutora da Baixada e construção do booster já contratadas e iniciadas;

 

São João de Meriti – Ampliação do sistema de abastecimento de água em fase de contratação; 

 

Belford Roxo – Ampliação do sistema de abastecimento já contratada e iniciada;

 

Queimados – Ampliação do sistema de abastecimento já contratada e iniciada;

 

Nova Iguaçu e Mesquita – Ampliação do sistema de abastecimento em fase de licitação. Previsão de início em abril;

 

Cabuçu/ Nova Iguaçu – Implantação do sistema de abastecimento já contratada, com início em março;

 

Nilópolis e outros – Obras de reforço do abastecimento em fase de contratação. Previsão de início em abril;

 

São João de Meriti e Duque de Caxias – Obras de reforço do abastecimento de água já contratadas e iniciadas.
 

 
Nilópolis será beneficiado


Em mais uma ação para proporcionar aumento da oferta de água em toda a Baixada Fluminense, o Governo do Rio, através da Cedae, assinou, nesta quinta-feira (3/3), na sede da Secretaria de Obras, contrato com o Consórcio Collet e PB para obras de abastecimento em Nilópolis. Com investimento total de aproximadamente R$ 196 milhões, o conjunto de obras inclui o assentamento de 19 quilômetros de rede adutora com diâmetros entre 1200 e 1750 de diâmetro. As intervenções terão início em abril.
 

Além do presidente da Cedae, Jorge Briard, e de representantes da empresa de engenharia, estiveram presentes o secretário de Obras, José Iran Peixoto Júnior, e o diretor de Engenharia da Cedae, Humberto Melo.


Últimas