Notícias do Corpo: O que temos a aprender com os grandes atletas e seus treinadores?

21/nov 08:00
Por Professor Luiz Carlos Moraes

Grandes treinadores de atletismo como Arthur Lydiard, Jack Daniels e Patrick Sang (treinador de Eliud Kipchoge) têm algumas linhas de pensamentos similares com as quais concordo e aplico. Em primeiro lugar seus atletas em treinos fortes treinam no limite ou até um pouco acima. Treinam pra valer! Em segundo lugar conjugam bem os treinos fracos ou fácil com esses dias fortes. Em terceiro lugar priorizam os descansos. Em quarto lugar seus atletas não saem competindo em qualquer prova. Ou seja, escolhem muito bem as provas alvo que precisam de tempo adequado de descanso e treino para a próxima prova. Outra particularidade de Patrick Sang, por exemplo, é que conversa muito com seus atletas antes e depois dos treinos. Já disse isso aqui. Dia de treino forte ou competição o atleta tem que estar totalmente descansado sem nenhum cansaço residual de treinos anteriores. Fazendo uma analogia, dia de treino forte é estudar para a prova. Que prova? O que vai cair na prova? Não vai estudar matemática se a prova é de português. Não é raro vermos corredores amadores treinando com dor achando isso normal. Não é raro vermos corredores fazendo tiros curtos treinando para provas longas. Enfim, o que temos que aprender com os grandes treinadores e grandes atletas? E você? Treina muito, bem ou de qualquer jeito? Prof. Moraes

Literatura Sugerida:

DANIELS, Jack – Fórmula de Corrida de Daniels. – 2ª Edição – Porto Alegre: Armed, 2013.

Últimas