Notícias do Corpo: Carboidrato e proteína tem no milho

  • 19/jun 08:00
    Por Professor Luiz Carlos Moraes

    Demonizar carboidrato virou assunto preferido nas redes sociais principalmente por pessoas que não estão nem aí para sua saúde e sim atrás de um milhão de “likes”. Em primeiro lugar os carboidratos se dividem em simples e complexos. Em tese os simples têm alto índice glicêmico provocando picos de glicemia. Os complexos têm baixo índice glicêmico e são absorvidos lentamente pelo corpo e por isso são os mais indicados para os corredores (as).

    Nessa linha de condenação li um texto condenando o milho. Ora! Seus benefícios são inúmeros começando pelo aumento da imunidade por conta da quantidade de antioxidantes. É rico em vitamina do complexo B (B1 e B5), ferro, potássio, fósforo, cálcio, magnésio, celulose e ácidos graxos essenciais. Boa fonte de carboidrato e não contém glúten. São quatro as estruturas do milho: endosperma (embaixo da casca constituído de amido); gérmen (o miolo na parte de baixo onde estão os lipídeos); pericarpo (casca – fibras) e ponta. As proteínas estão no endosperma e no gérmen. Poucas pessoas não gostam de milho cozido que é uma boa fonte de fibras que é a casca do grão e limpa o intestino. No dia seguinte você vê lá nas fezes! Agora o melhor álibi. O alimento preferido dos quenianos é o ugali, uma espécie de mingau feito a partir da mistura de farinha de milho com água. O milho verde, para eles, tem o ponto certo para ser colhido. Portanto, cuidado com certos textos por aí demonizando carboidrato e alguns alimentos. Se consumido em quantidade insuficiente pode causar hipoglicemia, irritabilidade, desnutrição e fadiga. Por causa dessa neura contra carboidrato, de vez em quando a gente vê pessoas passando mal fazendo exercício cortando carboidrato em busca de emagrecimento relâmpago.

    Literatura Sugerida: 1) Saunders MJ, Luden ND, DeWitt CR, Gross MC, Dillon Rios A. Protein Supplementation During or Following a Marathon Run Influences Post-Exercise PubMed Recovery. Nutrients. 2018. 2) CASTRO, M. V. L. de et al. Fração gérmen com pericarpo de milho na alimentação humana: qualidade nutricional e aplicação tecnológica. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, 2011.

    Últimas