No entra e sai do Cauc, o SPC das prefeituras, Petrópolis perde verbas

  • Continua após o anúncio
    Continua após o anúncio

  • 20/jan 02:43

    A prefeitura, por estar, vira e mexe, inadimplente no Cauc, perdeu nos últimos três anos duas verbas voluntárias num total de R$ 2,5 milhões e agora no final do ano passado mais uma verba já empenhada no Ministério do Turismo, de R$ 1 milhão, para a recuperação da pista, também teria ido pelo ralo. Isso porque estar inscrito no Cauc significa não poder receber investimentos do governo federal.

    Intermitente

    Está para ser iniciada a obra de criação do Parque Jardim Botânico de Nogueira. A verba, de pouco mais de R$ 500 mil foi conquistada em 2018. Mas era para ser mais e há mais tempo. Dois fatores importantes emperrados há quatro anos são a recuperação do entorno com uma nova pista de caminhada e a dragagem do lago.

    Bloco

    Hingo Hammes, ex-interino e hoje presidente da Câmara, ainda é dúvida, mas já estão no bloco dos que votarão pela rejeição das contas de Rubens Bomtempo de 2016, Fred Procópio, Yuri Moura, Octávio Sampaio e… Dudu! Quem diria, né?

    Meditação na Montanha

    O que é melhor que meditar para aliviar o stress? Meditar na montanha!  Ricardo Nogueira, voluntário do grupo Fazendo a Diferença retoma neste domingo, às 8h, o projeto Meditação na Montanha que vai rolar no Castelinho, no Morin. A participação é fácil: só chegar, mas precisa levar três quilos de alimentos que serão doados a famílias que necessitam na própria região do Morin.

    O momento em que a Imperatriz Teresa Cristina dá a deixa para o acendimento das luzes da Cidade Imperial, parte do espetáculo Um Natal em Família, apresentado todos os dias durante o Natal Imperial, vai poder ser visto e revisto nas redes sociais da produtora do pocket, a Xdaquestão Produções.  Uma das 39 apresentações, no palco Vila Imperial, na Praça da Liberdade, foi gravada e vai  estrear sábado, às 18h nos canais da Xdaquestão Produções.

    Reserva

    Jorge Badia está de volta à CPTrans. O ex-presidente voltou agora como diretor técnico, o principal cargo da companhia depois do presidente. Talvez seja uma reserva de Bomtempo caso o atual, Jamil Sabrá, não passe no estágio probatório.

    Mudança de pauta

    Essa, não! E o prefeito Rubens Bomtempo não vai dar o braço a torcer publicamente, mas ficou surpreso em encontrar avanços na gestão Bernardo Hammes em muitas áreas. Tem coisas que estão funcionando sem muita reclamação como as UPAs.  A pauta agora em algumas áreas é manter e melhorar porque qualquer retrocesso vai ter cobrança.

    Segue sem explicação

    Em pesquisa rápida nas comunidades e nas redes sociais a gente vê que a população está de acordo em não ter Carnaval em Petrópolis, com vacinação e com medidas restritivas.  O que ninguém consegue entender –  e que é um apelo para que Bomtempo dê um jeito – é a lotação dos ônibus em horários de pico mesmo com a nova onda da covid.

    Cancelamento

    Uma das maiores licitações em volume de recursos da prefeitura – R$ 36 milhões – aberta pela gestão Hingo Hammes e com certame dia 15 de dezembro, foi cancelada pelo novo presidente do Serviço Autônomo do Hospital Alcides Carneiro, Ricardo Patuléa. Seria para a contratação, por 12 meses, de mais de 90 médicos e dentistas para as UPAs Centro, Cascatinha e Itaipava.

    Pergunta

    Sobre os protocolos sanitários divulgados pela prefeitura um servidor pediu para a gente perguntar: qual a orientação para o funcionário público que convive com alguém que aguarda o resultado do teste da covid?

    O III Encontro Plástico da Casa de Petrópolis Instituto de Cultura traz o artista plástico Luiz Dolino (foto de Ricardo de Hollanda) para um debate sobre “O Processo da Criação” nas artes. O evento acontece a partir das 19h30 deste sábado, com mediação do também artista plástico, Luiz Áquila. 

    Rotatória da discórdia

    A prefeitura, sobre a rotatória no Carangola não ter iniciado as obras, disse que precisou readequar o projeto e prevê agora a retirada de dois postes do local. Não é bem assim. O pedido de retirada dos postes foi feito à Enel há três meses e são três postes e não dois.

    Menos leitos

    Com a queda nos casos de covid, Petrópolis que chegou a ter em março do ano passado 112 UTIs específicas para a covid e 134 leitos clínicos reduziu essas vagas. Hoje são 23 UTIs somando a rede pública e conveniada e 30 leitos clínicos.  A ocupação hoje é pequena, fruto de vacinação.  E infelizmente os leitos desativados, principalmente, as UTIs não foram destinados a outras patologias.

    Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

    Últimas