MP dá 30 dias para que Prefeitura inicie licitação para que as UPAS obtenham certificado dos bombeiros

16/jan 09:01
Por Janaina do Carmo

A Prefeitura de Petrópolis tem 30 dias para iniciar o processo de licitação para as obras necessárias nas unidades de pronto atendimento – Centro, Cascatinha e Itaipava – para que sejam obtidas as certificações do Corpo de Bombeiros. O prazo foi dado pelos ministérios públicos Federal e Estadual durante reunião realizada esta semana.

No encontro, os representantes do governo municipal informaram que os projetos de incêndio e pânico estão paralisados e que serão necessários R$ 800 mil para a obras nas unidades. De acordo com o município, com exceção da UPA de Itaipava, as outras unidades não necessitam de obras estruturais apenas melhorias na sinalização e de extintores.

Os problemas elétricos na UPA de Cascatinha também foram discutidos na reunião. Os promotores solicitaram um parecer técnico de órgão externo sobre a capacidade da rede elétrica da unidade atestando a ausência de risco. O documento deve ser entregue na próxima semana.

A Prefeitura anunciou essa semana que a UPA de Cascatinha voltará a ser UPA Vermelha, ou seja, com internação exclusiva para pacientes com covid-19. Em agosto do ano passado, a unidade pegou fogo depois de um mês funcionando, exclusivamente, como internação para pessoas contaminadas com coronavírus. As chamas começaram em um aparelho de ar condicionado.

Por causa do incêndio, a UPA ficou fechada dois meses sendo reaberta em outubro de 2020 com atendimento normal, ou seja, não apenas destinada a pacientes com covid-19.

A Tribuna questionou a Prefeitura sobre os projetos de incêndio e pânico das unidades de pronto atendimento. O executivo respondeu que “está trabalhando para obter as certificações necessárias”.

Últimas