Máscaras: Defensoria Pública pode ingressar na Justiça se Prefeitura flexibilizar

14/out 07:33

Com um índice de imunização parecido com o nosso – cerca de 50% da população total vacinada com duas doses – Caxias, nossa vizinha, teve suspensa pela Justiça a desobrigação do uso de máscaras como decretou o prefeito Washington Reis. A ação foi proposta pelo Ministério Público e Defensoria Pública. E aqui em Petrópolis, se a prefeitura ousar um decreto parecido a Defensoria Pública já avisou que recorrerá à Justiça.

Retorno

Claudio Gomide, que foi diretor do Theatro Dom Pedro na gestão Rubens Bomtempo, está de volta à prefeitura, desta vez como assessor de planejamento de projetos e captação do Instituto Municipal de Cultura.

Caro, né?

Poxa, mas a prefeitura contratou por R$ 470 mil o aluguel de caminhões e máquinas para atuar na Secretaria de Obras? Tudo bem se o serviço for necessário, mas esse valor todo por apenas 45 dias?

A Diocese de Petrópolis está comemorando a entrada na reta final das obras da Catedral com uma série de materiais sobre a matriz de São Pedro de Alcântara. Tem desde um livro para colorir para as crianças até um guia com as informações principais sobre a Catedral.

Racha no Psol

Já não era bom o clima e depois do embarque na gestão interina Hingo Hammes o caldo tá entornando no Psol. O povo não engole José Luiz Lima como secretário de Educação, ainda que ele tenha se desfiliado do Psol pra dar uma disfarçada.  Membros do partido só souberam da nomeação de José Luiz para o cargo pelos… Partisans!

Repúdio

A Coletiva Feminista Popular – candidatura coletiva formada por quatro mulheres do PSOL e que conseguiu 2.561 votos – lançou uma nota pública repudiando a participação de José Luiz na gestão interina de Hingo Hammes. A Coletiva Feminista Popular é suplente do Psol no legislativo. Esta parcela do Psol repudia a gestão de direita de HH. Uma penca de gente deixou o PSol inclusive depois dessa adesão ao governo interino.

Mais à direita ainda

E vai repudiar ainda mais: Hingo Hammes deve se filiar ao Partido União Brasil (PUB) que está surgindo englobando o DEM, sua atual agremiação, e o PSL. Vai ser um dos ‘pubianos’.

Mas, gente…

Sobre a ansiedade do prefeito interino Hingo Hammes para ser mais popular tem gente descrente… e da própria gestão! “É tipo picolé de chuchu”, dizem, chorosos.

Contagem         

Petrópolis está há 287 dias sem prefeito eleito pelo povo.

Cabeça de bacalhau

De um Partisans sobre o contrato com a De Sá para terceirização de 600 funcionários para a Educação que, até agora, não apareceu para a gente dar uma olhada: “Tá igual assinatura do ex-secretário de Administração, Marcus von Seehaunsen. Nunca ninguém viu”.

Fornecedores

Começa a ficar difícil a vida dos fornecedores da prefeitura. É uma penca de empresa implorando para receber seus pagamentos por serviços e produtos. Final do ano, independente de governo, costuma ficar mesmo dramático.

Natal Imperial

Faltado 43 dias para o início da programação de Natal – já anunciada fora da cidade para atrair turistas como de 25 de novembro a 06 de janeiro – começa a ficar complicada a situação da prefeitura que ainda não conseguiu licitar empresa para conduzir o evento.

Um dia especial, o feriado de Nossa Senhora Aparecida para 20 vitoriosas que enfrentaram o câncer de mama. Com o apoio do projeto “Volte a ser feliz”, idealizado pela micropigmentadora Patrícia Bastos, o grupo foi até a Marina da Glória, no Flamengo, para um momento especial. Elas foram convidadas a um passeio pela Baía de Guanabara. Aqui, a galera posa feliz para a gente, incluindo a digital influencer Sabrina Sabrá e a contatóloga Rose Fabiano.

Depois de 18 meses…

E a gestão interina de Hingo Hammes anunciou que mês que vem coloca em funcionamento o tomógrafo do Hospital Nelson de Sá Earp depois de… 18 meses que o aparelho chegou! Isso mesmo, o tomógrafo tava encostado desde o dia 28 de junho de 2020, portanto seis meses da gestão Bernardo Rossi e agora 10 meses de Hammes.

Lá é na bala

Caxias já perdeu três vereadores só este ano. E todos assassinados. Alexsandro Silva Faria, o Sandro do Sindicato, do Solidariedade, foi morto a tiros de fuzil ontem. No dia 12 de setembro, José Quinze Santos Alexandre, o Quinzé, foi assassinado também a tiros. E em abril, foi morto o vereador Danilo Francisco da Silva, o Danilo do Mercado (MDB). Os suplentes assumiram, mas estão cabreiros…

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Últimas