Março já tem 99 mortes, médicos apontam famílias inteiras infectadas e desespero nos atendimentos

28/mar 02:00

Médicos que estão atendendo em tendas específicas para a covid tanto na rede particular quanto pelo SUS relatam que há um desespero maior entre as pessoas que procuram atendimento para ter o diagnóstico correto. Pelo número de pessoas próximas contaminadas e falecidas também – 99 apenas em março, o segundo pior mês na pandemia. Os números só crescem e entre 666 que se foram estão pessoas conhecidas como o líder comunitário que você cruzava com ele no bairro, o servidor público que te atendia na repartição além de empresários, um cientista do LNCC, o enfermeiro…

Sem distanciamento social

Segundo os médicos, famílias inteiras estão sendo infectadas pelo vírus mostrando que o isolamento dentro das casas também é precário.  Mesmo com os índices altos ainda existem as aglomerações familiares – porque muita gente se reúne mos finais de semana com 10, 15 pessoas – tem ainda as festinhas clandestinas, a galera dando um tempo nas ruas na madrugada, o pessoal circulando sem máscara, o ônibus lotado…

Pouca gente

Ex-secretários de governo na gestão Rossi, Rodrigo Bueno, intitular no Instituto de Cultura e Esportes e João Antonius Von Seehausen, que era presidente do Inpas, agora ocupam cargos de coordenadores na subsecretaria estadual das Cidades chefiada pelo ex-prefeito Bernardo Rossi.  Também está lá Roberto Junior, ex-secretário de Relações Institucionais. Fora outros dois cargos administrativos e só.

Mais um

Mas, aí vocês podem perguntar: e Marcus Wilson von Seehausen, ex-secretário de Administração? Ficou na chuva? Que nada! Emplacou o filho João Antonius ao lado de Bernardo Rossi e descolou um carguinho, meio mixuruca de assistente, na Casa Civil, no Estado. Dizem que o salário não é grandes coisas, mas a gratificação vai ser boa.

Unânime

E o prefeito interino Hingo Hammes conseguiu unanimidade.  Porque todos os segmentos reclamam do feriado meia boca – teoricamente para reduzir a contaminação da covid 19, mas que tudo está funcionando. Insatisfação de funcionários públicos nas áreas que estão trabalhando normal e na rede privada também.  A cidade encheu de turistas e tudo funciona, desde comércio até indústrias. 

Sem definição

Partidos pediram ao Tribunal Superior Eleitoral que cancele as eleições suplementares previstas para acontecer em diversos municípios nas próximas semanas. E que o TSE emposse os candidatos que venceram o pleito em 2020. Mas, calma, é apenas para aqueles que não têm mais pendências judiciais. No caso de Petrópolis, continua tudo na mesma. Esperando o TSE decidir o caso de Rubens Bomtempo para aí ver se vai ter mesmo eleição suplementar…

E o vereador Dudu, todo pimpão, posando com a galera da Comdep, ele que agora manda e desmanda na empresa.

Contagem

Petrópolis está há 87 dias sem prefeito eleito pelo povo.

Saudades

Já tem um mês – 30 longos dias – que Ramon Mello não posta uma foto almoçando, jantando ou lanchando nas redes sociais.  Não come um bolinho, não chupa uma bala…

Pega a tabuada!

Previsão do vereador Marcelo Lessa: “com cinco milhões de vacinas por semana que a Fiocruz vai produzir, serão 20 milhões de doses por mês e todos estarão vacinados até o meio do ano”. A gente conta ou vocês contam?

Queda de braço

Sobre o uso de vans escolares como transporte alternativo nas comunidades já que as empresas de ônibus reduziram a operação das linhas, projeto de lei da Câmara, o sindicato das empresas de ônibus disse que “perder mais passageiros pagantes, significa caminhar para o colapso total do transporte público regular por ônibus, inclusive, podendo gerar demissões em massa”. A gente avisou que iria sobrar para os rodoviários. E já começou a pressão sobre a prefeitura para não levar adiante a ideia. Mas, também não tem uma solução para os ônibus lotados em plena pandemia.

A pedra da Maria Comprida fotografada por Julian Kronemberg, presidente do Centro Excursionista Petropolitano.

Queixosos

Engenheiros da prefeitura tão bem chateados com a Coordenadoria de Planejamento. Foi nomeado para exercer uma função administrativa um Guarda Civil. Partisans – longe de fazermos juízo da formação do GC e sua capacidade – apenas ouvimos as queixas dos portadores de Crea.

Menos, pessoal!

É bacana mostrar serviço à população com a conquista de mais leitos para a cidade de forma objetiva e clara. Agora fica feio para os políticos comemorar estes leitos e parabenizar uns aos outros pelo feito. É um momento de muitas mortes e explosão de casos, não tem como comemorar. Apenas mostrar serviço.

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

Últimas