Mais oito mortes por covid-19 são confirmadas em Petrópolis

14/jan 19:18
Por Redação Tribuna

A Secretaria de Saúde recebeu hoje (12), a confirmação de oito óbitos relacionados a COVID-19, elevando para 429 o número de mortos no município desde março de 2020. Os oito casos são referentes ao mês de janeiro e os pacientes possuíam comorbidades.

Este último boletim mostra que Petrópolis fez, até agora, 101.563 testes para covid-19, com 13.617 resultados positivos e 85.345 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab). Há 2.601 casos em análise e 9.875 recuperados.

Neste momento, 84 pessoas estão internadas em leitos de UTI privados e pelo SUS. Outras 106 estão em leitos clínicos privados e pelo SUS, totalizando 190 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 58,46% e de 63,44% em leitos de UTI.

Seguem os dados dos óbitos confirmados:

Homem, 60 anos, morador no Quarteirão Brasileiro. Internado em 23/12 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 03/01. Era portador de lesão renal.

Homem, 69 anos, morador no Alto da Serra. Internado em 10/11 na UPA Centro. Óbito registrado em em 04/01. Era portador de diabete e doença renal crônica.

Homem, 83 anos, morador no Lajinha. Internado em 06/01 no Hospital Santa Teresa. Óbito registrado em 08/01. Era portador de doença arterial coronariana e hipertensão arterial.

Mulher, 69 anos, morador em Corrêas. Internado em 10/01 no Hospital Alcides Carneiro. Óbito registrado em 10/01. Era portadora de câncer de mama, obesidade e diabete.

Homem, 65 anos, morador no Caxambu. Internado em 29/12 no Hospital Santa Teresa. Óbito registrado em 11/01. Era portador de hipertensão arterial.

Mulher, 82 anos, moradora em Itaipava. Internada no Hospital Santa Teresa em 04/01. Óbito registrado em 11/01. Era portador de hipertensão arterial e doença arterial coronariana.

Homem, 82 anos, morador na Mosela. Internado em 05/01 no Hospital Santa Teresa. Óbito registrado em 11/01. Era portador de acidente vascular isquêmico e doença de Parkinson

Homem, 63 anos, morador no Carangola. Internado em 02/01 na UPA Cascatinha e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 13/01. Era portador de diabete e obesidade.

Últimas