Mais cinco mortes confirmadas por covid-19 em Petrópolis

11/jan 19:16
Por Redação Tribuna

A Secretaria de Saúde recebeu hoje (11/01), a confirmação de mais cinco óbitos relacionados a COVID-19, elevando para 419 o número de mortos no município desde março de 2020. Três deles são referentes ao mês de dezembro, enquanto os outros dois aconteceram nos dias 8 e 9 de janeiro e todos eram portadores de algum tipo de comorbidades, principalmente, hipertensão arterial.
Este último boletim mostra que Petrópolis fez, até agora, 99.094 testes para covid-19, com 12.955 resultados positivos e 83.974 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab). Há 2.165 casos em análise e 9.842 recuperados.
Neste momento, 92 pessoas estão internadas em leitos de UTI privados e pelo SUS. Outras 106 estão em leitos clínicos privados e pelo SUS, totalizando 198 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 63,64% e de 73,86% em leitos de UTI.

Óbitos confirmados:

Mulher, 74 anos, moradora no Bairro da Glória. Internada em 14/12 no Hospital Santa Teresa. Óbito registrado em 18/12. Era portadora de Hipertensão arterial e diabete.

Mulher, 81 anos, moradora no Fazenda Inglesa. Internada em 23/12 no Hospital Unimed. Óbito registrado em 30/12. Era portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica –DPOC

Homem, 89 anos, morador no Samambaia. Internado em 30/12 na Unidade de Pronto Atendimento – UPA Centro. Óbito registrado em 09/01. Era portador de Hipertensão arterial e diabete.

Mulher, 57 anos, moradora no Lajinha. Internada em 08/01 na Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Itaipava. Óbito registrado em 08/01. Era portadora de hipertensão arterial e depressão.

Mulher, 91 anos, moradora no Independência. Internada em 29/11 no Hospital Clínico de Corrêas. Óbito registrado em 01/12. Era portador de hipertesão arterial.

Estado vai fornecer insumos e imunizantes

A Prefeitura divulgou, na sexta-feira, a chegada de 99 mil doses da vacina contra o coronavírus, para atender grupos prioritários. Nesta segunda (11), o governador em exercício, Cláudio Castro, garantiu que o Estado vai enviar insumos e imunizantes. Na primeira fase da Campanha de Vacinação, serão vacinados trabalhadores da saúde, idosos a partir de 75 anos, idosos a partir de 60 anos asilados ou residentes em instituições psiquiátricas. A estimativa é que 30 mil pessoas sejam imunizadas nesta etapa da vacinação.

De acordo com a Prefeitura, logística contará com as 15 salas de vacinação existentes no município, sistema de Drive Thru, Unidades Básicas de Saúde e vacinação nas instituições de longa permanência para idosos, assim como nas residências de idosos acamados mediante solicitação por telefone.

Últimas