Maio teve 100% de aumento em óbitos por covid na comparação com a média da pandemia

14/set 19:54
Por Redação / Tribuna de Petrópolis

Com o terceiro pior número de mortes desde o início da pandemia da Covid-19 em Petrópolis, o mês de maio mostrou queda nos números da doença e com isso, um indício de que a vacinação na cidade começa a surtir efeito. Mas se comparados com a média de óbitos causados pelo novo coronavírus desde a chegada da doença na cidade, o mês que se encerrou registrou aumento de 101% no número de falecimentos, registrando 168 mortes, frente a uma média de 67 óbitos.

Os números de maio só são melhores quando comparados com os números de óbitos registrados em março e abril deste ano. Na comparação com março, maio aponta queda de 10,6% no número de óbitos, enquanto na comparação com abril a queda foi de 44,6%. Em números absolutos, maio registrou 169 óbitos causados pelo novo coronavírus, março 188, e abril 303.

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), e podem ainda sofrer mudanças, uma vez que o prazo legal para envio de óbitos à plataforma nacional pode chegar a até 12 dias do falecimento.

“É possível acompanhar mês a mês a variação dos dados de óbitos pelo Portal da Transparência dos Cartórios de Registro Civil e o que ela nos mostra é que mesmo com a diminuição de óbitos na faixa etária que já foi vacinada, os números ainda são muito expressivos e estão muito acima da média historicamente registrada do Estado. Portanto, nos mostra o quanto a vacinação tem sido eficaz e por este mesmo motivo, o quanto ela deve ser acelerada para que mais vidas sejam poupadas”, explica Humberto Costa, presidente da Arpen RJ.

Maio/20 x Maio/21

Um ano depois, maio de 2021 registrou aumento de 140% dos óbitos em Petrópolis em comparação com o mesmo mês de 2020. Em números absolutos foram 168 mortes no mês passado frente a 70 em maio do ano passado. Na mesma comparação, 18 Estados apresentam números maiores este ano, enquanto nove apresentam redução quando comparados ao mesmo período do ano passado.

Já no Brasil, maio de 2021 registrou um aumento de 71,9% dos óbitos no Brasil em comparação com o mesmo mês de 2020. Em números absolutos foram 49.282 mortes no mês passado frente a 28.667 em maio do ano passado. Na mesma comparação, 18 Estados apresentam números maiores este ano, enquanto nove apresentam redução quando comparados ao mesmo período do ano passado.

Boletim epidemiológico

Seis óbitos foram confirmados em incluídos na base de dados da Secretaria de Saúde nesta terça-feira (14).

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde está, nesta terça-feira (14/09), em 44% em leitos clínicos e 30,30% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 105 pacientes internados, sendo 51 em UTIs e 54 em leitos clínicos.

Últimas